HEROFILO CARVALHO DE AZAMBUJA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: AZAMBUJA, Herófilo
Nome Completo: HEROFILO CARVALHO DE AZAMBUJA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
AZAMBUJA, HERÓFILO

AZAMBUJA, Herófilo

*const. 1946; dep. fed. RS 1946-1951.

Herófilo Carvalho de Azambuja nasceu em Caxias do Sul (RS) no dia 28 de setembro de 1899, filho do desembargador Armando Azambuja, vinculado ao Partido Republicano Rio-Grandense (PRR), dominante no estado, e de Maria Virgínia Carvalho de Azambuja.

Fez seus primeiros estudos nos ginásios Nossa Senhora Auxiliadora e Anchieta e nos colégios Militar e de Canoas (RS). Ingressando na Faculdade de Direito de Porto Alegre, em 1923 fundou e dirigiu o Centro dos Acadêmicos Republicanos, voltado para a difusão da doutrina de Júlio de Castilhos, líder histórico do PRR. Durante todo aquele ano desenrolou-se no Rio Grande do Sul a revolta de federalistas e dissidentes. Foi um dos redatores do manifesto universitário em apoio ao congresso republicano realizado na capital gaúcha em outubro, ocasião em que prosseguiam os combates.

Concluído o curso ainda em 1923, foi nomeado juiz distrital em Dom Pedrito (RS) cuja intendência (prefeitura) ocupou de 1924 a 1928, introduzindo uma série de melhoramentos na cidade. Ao mesmo tempo, abriu banca de advogado. Comissionado no posto de tenente-coronel, dirigiu o 21º Corpo Auxiliar da Brigada Militar (“corpo provisório”) no combate aos levantes eclodidos no estado entre 1924 e 1926. Comandou as hostes republicanas em Dom Pedrito, sendo membro e presidente da comissão executiva do partido no município. Nessa posição, apoiou a Revolução de 1930. Também no Rio Grande do Sul, foi procurador do Estado (1938-1939), secretário estadual de Educação (1939-1942) e do Interior (1942-1943) durante a gestão do interventor Cordeiro de Farias (1938-1943) e presidente do Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Estado (IPASE), de 1943 a 1945.

Eleito primeiro suplente de deputado pelo Rio Grande do Sul à Assembléia Nacional Constituinte em dezembro de 1945, na legenda do Partido Social Democrático (PSD), foi empossado na Assembléia em 22 de março de 1946, no lugar do titular João Neves da Fontoura, que renunciou ao mandato para assumir o cargo de ministro das Relações Exteriores do governo Eurico Gaspar Dutra (1946-1951). Herófilo participou dos trabalhos constituintes até a promulgação da nova Carta (setembro de 1946) e, em seguida, prosseguiu em seu mandato durante a legislatura ordinária que se estendeu até janeiro de 1951. Nesse período, integrou a Comissão de Redação da Câmara dos Deputados.

Casou-se com Rodofina Machado, com quem teve dois filhos.

FONTES: Álbum; BRAGA, S. Quem foi quem; CÂM. DEP. Deputado; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1946-1967); CÂM. DEP. Relação dos dep.; Diário do Congresso Nacional; SILVA, G. Constituinte; TRIB. SUP. ELEIT. Dados (1).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados