HUGO DA CUNHA MACHADO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: MACHADO, Cunha
Nome Completo: HUGO DA CUNHA MACHADO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
MACHADO, CUNHA

MACHADO, Cunha

*militar; dep. fed. MA 1951-1959.

Hugo da Cunha Machado nasceu em São Luís no dia 3 de novembro de 1898, filho de Francisco da Cunha Machado e de Francisca da Cunha Machado.

Cursou a Escola Naval e ingressou na Aviação Militar da Marinha, participando durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918) dos serviços de patrulhamento da costa. Foi professor da Escola de Aviação Naval e, com a criação do Ministério da Aeronáutica em 1941, transferiu-se para essa nova força armada. Serviu durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945) como integrante da Força Aérea Brasileira (FAB) e atingiu o posto de brigadeiro, tendo sido ainda subchefe do Estado-Maior da Aeronáutica.

Em outubro de 1950, elegeu-se deputado federal pelo Maranhão na legenda do Partido Social Trabalhista (PST), iniciando o mandato em fevereiro do ano seguinte. Em outubro de 1954, reelegeu-se por seu estado, dessa vez na legenda do Partido Social Democrático (PSD). Em 1955, porém, rompeu com o PSD e lançou sua candidatura ao governo do Maranhão nas eleições de outubro na legenda da coligação oposicionista formada pelo Partido Trabalhista Nacional (PTN), a União Democrática Nacional (UDN), o Partido Social Progressista (PSP) e o Partido Republicano (PR). Seu companheiro de chapa, candidato a vice-governador, era o tenente-coronel Alexandre Sá Colares Moreira, que retirou sua candidatura em favor da de Alexandre Alves Costa, inicialmente candidato situacionista na chapa de José de Matos Carvalho, mas agora aliado de Cunha Machado, pois rompera também com o PSD. Realizado o pleito, as duas facções reivindicaram a vitória, o que desencadeou grave crise política, uma vez que o situacionismo se recusou a aceitar a eleição de Alexandre Costa, levando a questão ao Judiciário. A pendência estendeu-se até 9 de julho de 1957, quando Matos Carvalho foi proclamado governador do estado, confirmando-se, porém, a eleição de Alexandre Costa a vice-governador.

Em outubro de 1958, Cunha Machado candidatou-se a senador pelo Maranhão na legenda da coligação formada pela UDN, o Partido Democrata Cristão (PDC) e o PR, mas foi derrotado. Limitou-se, então, a cumprir o restante de seu mandato de deputado federal, até janeiro de 1959.

Foi presidente da Sociedade Brasileira de Direito Aeronáutico.

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Relação dos dep.; CISNEIROS, A. Parlamentares; Grande encic. Delta; MACEDO, N. Aspectos; MEIRELES, M. História; TRIB. SUP. ELEIT. Dados.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados