Igor Avelino Pugliesi

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: AVELINO, Igor
Nome Completo: Igor Avelino Pugliesi

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

AVELINO, Igor

*dep. fed. TO 1999-2003.

Igor Avelino Pugliesi nasceu em Goiânia no dia 20 de novembro de 1971, filho de Moisés Nogueira Avelino e de Virgínia Constância Pugliesi Avelino. Seu pai, deputado federal de 1989 a 1991 e governador de Tocantins de 1991 a 1995, voltou à Câmara dos Deputados em 2007.

Em 1988, tornou-se assessor parlamentar na Câmara dos Deputados, em Brasília. Em 1992 filiou-se ao mesmo partido de seu pai, o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), e assumiu a presidência do diretório estadual em Tocantins. Entre 1992 e 1994 trabalhou diretamente com o pai, então governador, como seu secretário particular e depois chefe de gabinete, em Palmas. Em 1995 formou-se em turismo e em publicidade e propaganda pelo Instituto Superior de Educação de Brasília (IESB). No período 1995-1997 foi diretor da Tapajós Veículos, empresa de propriedade de sua família. Em 1998, fez o curso de relações públicas e recursos humanos oferecido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em Palmas.

Em outubro de 1998, foi eleito deputado federal por Tocantins na legenda do PMDB. Assumiu o mandato em fevereiro de 1999, e de 2001 a 2002 reassumiu a presidência do diretório do PMDB em Tocantins. Também em 2001 participou do I Simpósio Multidisciplinar de Turismo Sustentável do Distrito Federal, foi representante da Câmara dos Deputados em viagem a Berlim, para manter contatos oficiais, e a Madri, a convite do parlamento espanhol. Durante a legislatura, foi segundo vice-presidente da Comissão de Constituição, Justiça e de Redação, membro titular das comissões Representativa do Congresso Nacional, de Agricultura e Política Rural, de Direitos Humanos e de Viação e Transportes, e suplente das comissões da Amazônia e Desenvolvimento Regional, e de Relações Exteriores e de Defesa Nacional. Participou ainda de várias comissões especiais e da comissão parlamentar de inquérito (CPI) sobre a atuação da Fundação Nacional do Índio (Funai). Deixou a Câmara ao final da legislatura, em janeiro de 2003.

 

FONTES: Site da Câmara dos Deputados (www.camara.gov.br); Site (www.eleicoes.uol.com.br).

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados