JANUARIO ALVES FEITOSA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: FEITOSA, Januário
Nome Completo: JANUARIO ALVES FEITOSA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
FEITOSA, JANUÁRIO

FEITOSA, Januário

*dep. fed. CE 1971-1979.

Januário Alves Feitosa nasceu em Cajazeiras (PB) no dia 28 de dezembro de 1914, filho de Justino Alves Feitosa e de Francisca Alves Feitosa.

Proprietário agrícola e pecuarista, iniciou sua carreira política nas eleições de 1954, quando se candidatou a deputado federal pelo Ceará na legenda do Partido Social Democrático (PSD), alcançando apenas a sexta suplência.

Eleito deputado estadual no pleito de outubro de 1958, pelo PSD, assumiu o mandato em fevereiro do ano seguinte. Reeleito pela Assembléia Legislativa cearense, com o apoio da Aliança União pelo Ceará, coligação que reunia o PSD e a União Democrática Nacional (UDN), obtendo novamente uma suplência. Contudo, veio a exercer o mandato.

Com a extinção dos partidos políticos pelo Ato Institucional nº 2 (27/10/1965) e a posterior instauração do bipartidarismo, filiou-se à Aliança Renovadora Nacional (Arena), agremiação política de apoio ao regime militar, instaurado no país em março de 1964. Nessa legenda foi eleito deputado estadual no Ceará em novembro de 1966, assumindo a cadeira em fevereiro do ano seguinte. Durante seu mandato foi vice-presidente da Comissão de Economia e membro da Comissão de Constituição e Justiça da Assembléia Legislativa.

No pleito de novembro de 1970 foi eleito deputado federal pelo Ceará, ainda na legenda da Arena. Deixando a Assembléia em janeiro de 1971, assumiu o novo mandato em fevereiro seguinte e, ao longo da legislatura, foi vice-presidente da Comissão do Polígono das Secas, membro da Comissão de Segurança Nacional e suplente da Comissão de Economia da Câmara dos Deputados. Em 1973 foi estagiário da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG). Reeleito em novembro de 1974 na mesma legenda, voltou a atuar como membro efetivo da Comissão de Segurança Nacional e como suplente da Comissão de Economia, Indústria e Comércio da Câmara. Nas eleições de novembro de 1978 não conseguiu se eleger, obtendo apenas uma suplência. Deixou, então, a Câmara em janeiro de 1979, no fim de seu mandato.

Com a extinção do bipartidarismo em 29 de novembro de 1979 e a conseqüente reformulação partidária, filiou-se ao PDS, agremiação política que sucedeu à Arena. Nessa legenda concorreu a uma cadeira na Câmara dos Deputados pelo estado do Ceará, no pleito de novembro de 1982, obtendo apenas uma suplência. Ainda este ano participou da 69ª Conferência Interparlamentar em Roma.

Durante suas atividades políticas foi um dos responsáveis pela criação do município do Barro (CE). Aí tornou-se proprietário da Cerâmica Santo Antônio, da Mineração Cumbe Ltda., das Fazendas Cumbe S.A. e de uma fábrica para beneficiamento de algodão. Fundou a Fundação Francisca Feitosa, em Fortaleza, além de diversos hospitais em diferentes municípios cearenses.

Fora da Câmara dos Deputados, deu prosseguimento às suas atividades empresariais, tornando-se proprietário da Januário Feitosa Loteamento Ltda. em Fortaleza, da Caprinocultura do Piauí e das Fazendas Campo Verde, no Piauí.

Faleceu em outubro de 2005.

De seu casamento com Laura Marques Feitosa, teve quatro filhos.

Publicou Do sertão ao Parlamento (1978), Os Feitosas e a luta pela criação e desenvolvimento do Barro (1985), Uma vida e muitas lutas (1992) e Sertão do meu tempo.

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (7 e 8); INF. BIOG.; NÉRI, S. 16; Perfil (1972); Portal AVOL – Antonio Viana Online. Disponível em : <http://www.avol.com.br/novo.php?sec=coluna&id=6526>. Acesso em : 10 jul. 2009;

TRIB. SUP. ELEIT. Dados (3, 6, 8 e 9).

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados