JOAO ANTONIO DE OLIVEIRA GUIMARAES

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: GUIMARÃES, João
Nome Completo: JOAO ANTONIO DE OLIVEIRA GUIMARAES

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
GUIMARÃES, JOÃO

GUIMARÃES, João

*dep. fed. RJ 1918-1923 e 1930; const. 1934; dep. fed. RJ 1935-1937.

João Antônio de Oliveira Guimarães nasceu em Campos (RJ) no dia 25 de abril de 1874, filho de Antônio de Oliveira Guimarães e de Genoveva Leite da Silva Guimarães.

Fez os cursos primário e secundário no Colégio Alberto Brandão, em Vassouras (RJ), e no Liceu de Humanidades, em sua cidade natal. Bacharelou-se pela Faculdade de Direito de São Paulo em dezembro de 1894.

Retornando a Campos, atuou como promotor público até 1897, ano em que foi eleito vereador. Exerceu o mandato até 1899 e em seguida dedicou-se à advocacia. Após ter sido mais uma vez eleito vereador na legenda do Partido Republicano Fluminense (PRF), em 1907 assumiu o mandato e foi eleito presidente da Câmara Municipal de Campos. Alinhado ao grupo chefiado por Nilo Peçanha, no decorrer desse período legislativo, que se encerrou em 1909, rompeu politicamente com o presidente do estado do Rio de Janeiro, Alfredo Backer, passando a combatê-lo.

Em 1910 foi eleito simultaneamente deputado estadual e primeiro vice-presidente do estado do Rio de Janeiro, sendo escolhido no final do ano presidente da Assembléia Legislativa fluminense. Em 1911 passou a integrar a comissão executiva do PRF, à qual pertenceria até 1917. Nas duas legislaturas subseqüentes, de 1912 a 1914 e de 1915 a 1917, reelegeu-se deputado estadual, sempre na legenda do PRF, mantendo-se na presidência da Assembléia Legislativa durante todo esse período. Eleito deputado federal pelo estado do Rio de Janeiro, assumiu o mandato em maio de 1918 e no ano seguinte passou a integrar as comissões de Finanças e de Poderes da Câmara Federal. Ainda em 1919, representou o estado do Rio no Congresso de Geografia, realizado em Belo Horizonte e, em 1920, no Congresso de Limites Interestaduais realizado no Rio de Janeiro, então Distrito Federal. Na ocasião, foi signatário dos acordos de fixação das fronteiras dos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo. Reeleito deputado federal, entre 1921 e o início do ano seguinte foi um dos líderes da Reação Republicana, movimento organizado para promover a candidatura de Nilo Peçanha à presidência da República, em oposição à de Artur Bernardes, afinal eleito em 1922. Encerrando seu mandato em dezembro de 1923, permaneceu afastado da política, juntamente com o grupo nilista. Em 1929, participou da Campanha da Aliança Liberal, agrupamento oposicionista que lançou a candidatura de Getúlio Vargas à presidência da República.

Reeleito deputado federal pelo estado do Rio de Janeiro, assumiu a cadeira em maio de 1930, deixando-a em outubro do mesmo ano, quando os órgãos legislativos do país foram suprimidos em virtude do movimento revolucionário que depôs o presidente Washington Luís e conduziu Getúlio Vargas ao poder.

Durante o processo de reconstitucionalização do país ainda ligado ao grupo nilista, foi um dos fundadores do Partido Popular Radical (PPR) do Rio de Janeiro em março de 1933. Nessa legenda foi eleito em maio seguinte deputado à Assembléia Nacional Constituinte, participando dos trabalhos constituintes desde a instalação da Assembléia, em novembro do mesmo ano. Líder da bancada de seu partido, integrou, em maio de 1934, a comissão especial organizada pelo presidente da Assembléia Antônio Carlos Ribeiro de Andrada, para levar ao presidente Getúlio Vargas os cumprimentos pela decretação da anistia aos revolucionários de 1932. Com a promulgação da nova Carta, em 16 de julho de 1934, teve seu mandato prorrogado até maio do ano seguinte. Reeleito em outubro de 1934, exerceu o mandato até 10 de novembro de 1937, quando, com o advento do Estado Novo (1937-1945), os órgãos legislativos do país foram mais uma vez suprimidos.

Foi ainda membro do Conselho Consultivo do estado do Rio de Janeiro e diretor-secretário da revista forense Arquivo Jurídico.

FONTES: ARQ. GETÚLIO VARGAS; ASSEMB. NAC. CONST. 1934. Anais (1); CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório; Câm. Dep. seus componentes; Diário do Congresso Nacional; FUND. GETULIO VARGAS. Cronologia da Assembléia; GODINHO, V. Constituintes; Ilustração Brasileira (10/22); SILVA, H. 1935.

 

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados