JOAO MENDES OLIMPIO DE MELO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: OLÍMPIO, João Mendes
Nome Completo: JOAO MENDES OLIMPIO DE MELO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
OLÍMPIO, JOÃO MENDES

OLÍMPIO, João Mendes

*sen. PI 1957, 1959 e 1961; dep. fed. PI 1963-1971.

 

João Mendes Olímpio de Melo nasceu em Tarauacá (AC) no dia 16 de dezembro de 1917, filho de Matias Olímpio de Melo e de Maria José Mendes de Melo. Seu pai foi governador do Piauí entre 1924 e 1928, constituinte em 1946 e senador, também pelo Piauí, de 1946 a 1963.

Formou-se em engenharia agronômica pela Escola Agrícola da Bahia em 1937, freqüentando depois os cursos de especialização na Arizona State University, em Tucson, e no College of Agriculture, em Ames, no estado de Iowa, EUA. Em 1949, concluiu o curso de zootecnia da Universidade Rural do Brasil, no Rio de Janeiro.

Foi prefeito municipal de Teresina e secretário de Educação, Agricultura e Saúde do Piauí. Presidente da comissão executiva do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) do Piauí, elegeu-se em outubro de 1954 suplente de senador pelo Piauí na legenda da coligação formada pelo PTB e o Partido Social Democrático (PSD). Substituiu seu pai no Senado de fevereiro a setembro de 1957, de março a setembro de 1959 e de junho a setembro de 1961, tendo sido membro das comissões de Serviço Público e de Finanças.

Foi também chefe do Serviço de Economia Rural, do Acordo ao Fomento Animal e da Seção de Fomento Agrícola do Piauí, exercendo em Brasília a chefia da Seção de Fomento Agrícola do Departamento de Produção Animal (DPA) do Ministério da Agricultura.

No pleito de outubro de 1962, elegeu-se deputado federal pelo Piauí na legenda do PTB, assumindo o mandato em fevereiro do ano seguinte. Durante essa legislatura, foi membro das comissões de Serviço Público, do Polígono das Secas, de Agricultura e Política Rural e de Segurança Nacional da Câmara dos Deputados. Com a extinção dos partidos políticos pelo Ato Institucional nº 2 (27/10/1965) e a posterior instauração do bipartidarismo, filiou-se ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB) e, em novembro de 1966, elegeu-se primeiro suplente de deputado federal pelo Piauí na legenda desse partido. Exerceu o mandato durante toda a legislatura, de fevereiro de 1967 a janeiro de 1971.

Faleceu em Teresina em agosto de 1979.

Era casado com Marisa Olímpio de Melo, com quem teve um filho.

 

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (6); Jornal do Brasil (7/8/79); SENADO. Relação; TRIB. SUP. ELEIT. Dados (3, 6 e 8).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados