JOEL BARBOSA RIBEIRO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: BARBOSA, Joel
Nome Completo: JOEL BARBOSA RIBEIRO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
BARBOSA, JOEL

BARBOSA, Joel

*dep. fed. MA 1963 e 1964-1967.

 

Joel Barbosa Ribeiro nasceu em Parnarama (MA) no dia 7 de setembro de 1910, filho de Adelino Barbosa Ribeiro e de Alice Nunes Ribeiro.

Cursou a Faculdade de Direito do Maranhão, pela qual se bacharelou em 1958.

Corretor de imóveis, ingressou na política filiando-se ao Partido Social Democrático (PSD), em cuja legenda, integrando as Oposições Coligadas, formada ainda pelos partidos Republicano (PR), Libertador (PL), Social Progressista (PSP), Trabalhista Brasileiro (PTB) e União Democrática Nacional (UDN), concorreu a uma cadeira na Assembléia Legislativa maranhense nas eleições de outubro de 1950, mas ficou apenas como primeiro suplente.

Com a assunção de Eugênio Barros ao governo do estado em 1951, Joel Barbosa foi nomeado secretário do Interior e Justiça do Maranhão, cargo que exerceu até 1954, quando se desincompatibilizou do mesmo para voltar a concorrer a cargo eletivo. Nas eleições de outubro desse ano foi eleito deputado estadual na legenda do PSD, assumindo sua cadeira no Legislativo estadual em fevereiro do ano seguinte. Em 1956 renunciou ao mandato por ter sido nomeado presidente da Caixa Econômica Federal do Maranhão, função que exerceu até 1959, quando deixou o cargo para assumir a Secretaria de Agricultura do estado. Permaneceu nessa pasta até 1961, ano em que findou o governo de José de Matos Carvalho (1957-1961).

Joel Barbosa voltou a concorrer a mandato eletivo no pleito de outubro de 1962, no qual foi eleito deputado federal pelo Maranhão na legenda do PSD. Assumindo sua cadeira na Câmara dos Deputados em 1º de fevereiro de 1963, licenciou-se do mandato em maio seguinte, por ter sido nomeado pelo governador Newton Belo (1961-1966) secretário do Interior e Justiça do estado. Sua cadeira no Legislativo foi ocupada pelo suplente José Rio.

Com a vitória do movimento político-militar de 31 de março de 1964 que depôs o presidente João Goulart (1961-1964), iniciou-se no país um período de governos militares que se prolongaria por 21 anos. Diante do novo quadro político, Joel deixou a secretaria que ocupava em junho desse ano, reassumindo, em seguida, sua cadeira na Câmara dos Deputados. Em conseqüência da extinção dos partidos políticos pelo Ato Institucional nº 2 (27/10/1965) e da posterior instauração do bipartidarismo, filiou-se em 1966 à Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido que dava apoio ao regime militar vigente no país. Deixando de concorrer a um novo mandato nas eleições de novembro desse ano, Joel Barbosa permaneceu no Legislativo Federal até o fim de janeiro de 1967, quando se encerrou a legislatura.

Em maio desse ano foi nomeado conselheiro do Tribunal de Contas do Maranhão, no qual permaneceu até janeiro de 1975, quando se aposentou. Não voltou a concorrer a qualquer cargo eletivo.

Foi casado com Maria Teresa Ribeiro, com quem teve quatro filhos.

 

FONTES: CÂM. DEP. Anais; CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros (1826-1976); CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1946-1967); MEIRELES, M. História; TCE-MA; TRIB. SUP. ELEIT. Dados (2, 3 e 6).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados