JOSE ALVES VIEIRA GUEDES

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: GUEDES, José
Nome Completo: JOSE ALVES VIEIRA GUEDES

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
GUEDES, JOSÉ

GUEDES, José

*const. 1987-1988; dep. fed. RO 1987-1991; pref. Porto Velho 1993-1996.

José Alves Vieira Guedes nasceu em Itacajá (TO), então no estado de Goiás, no dia 2 de novembro de 1954, filho de Efigênio Alves Ferreira e de Nelzira Pereira Guedes.

Em 1968 iniciou o curso ginasial no Ginásio Normal Chagas Guedes, em Mozarlândia (GO), e o concluiu cinco anos depois no Educandário Goianiense, em Goiânia.

Transferiu-se para Rondônia em 1977, trabalhando como administrador de empresas. No pleito de novembro de 1982, elegeu-se para uma cadeira na Câmara de Vereadores de Porto Velho, na legenda do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Assumiu o mandato no início do ano seguinte e participou dos trabalhos legislativos como líder do partido. Foi também presidente da Comissão Permanente de Obras, da Comissão de Saúde e Assistência Social e da Comissão de Educação e Cultura, além de secretário da Comissão Permanente de Redação e da Comissão de Estatística e Finanças. Participou como relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre cobrança de laudêmios.

Em 1985 licenciou-se do mandato de vereador para assumir a prefeitura de Porto Velho, para a qual fora nomeado.

No pleito de novembro do ano seguinte, foi eleito deputado federal constituinte por Rondônia, na legenda do PMDB, assumindo o mandato em 1º de fevereiro de 1987. Nesse mesmo dia foi instalada a Assembléia Nacional Constituinte (ANC), na qual passou a integrar, como membro titular, a Subcomissão de Orçamento e Fiscalização Financeira da Comissão do Sistema Tributário, Orçamento e Finanças, e como suplente a Subcomissão do Poder Legislativo da Comissão da Organização dos Poderes e Sistema de Governo.

Nas votações mais importantes na Constituinte, votou a favor do mandado de segurança coletivo, da jornada semanal de 40 horas, do turno ininterrupto de seis horas, da unicidade sindical, da soberania popular, do voto aos 16 anos, da nacionalização do subsolo, da limitação dos juros em 12% ao ano, da criação de um fundo de apoio à reforma agrária e da desapropriação da propriedade produtiva. Votou contra a pena de morte, a limitação do direito de propriedade privada, a estabilidade no emprego, a remuneração 50% superior para o trabalho extra, o presidencialismo, a estatização do sistema financeiro, a legalização do jogo do bicho e o mandato de cinco anos para o presidente José Sarney. Após a promulgação da nova Constituição em 5 de outubro de 1988, passou a participar dos trabalhos legislativos ordinários na Câmara dos Deputados.

Em 1989 foi fundador do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) em Rondônia, tornando-se presidente do diretório regional, cargo que exerceria até 1995. No pleito de outubro de 1990, candidatou-se ao governo do estado, na legenda do PSDB, mas não conseguiu eleger-se. Deixou a Câmara dos Deputados em janeiro do ano seguinte, ao fim da legislatura.

No pleito de outubro de 1992 elegeu-se prefeito de Porto Velho na legenda do PSDB. Assumindo seu mandato em janeiro do ano seguinte, permaneceu na chefia do Executivo da capital rondoniense até 31 de dezembro de 1996.

Em 24 de setembro de 1998 foi denunciado em função de irregularidades que teriam sido praticadas em sua gestão municipal, na aplicação de recursos transferidos pelo extinto Ministério da Integração Regional (MIR). Na ocasião, o Tribunal de Contas da União (TCU) encaminhou copias dos autos ao Ministério da Administração e Reforma do Estado para subsidiar a instauração da tomada de contas especial dos recursos transferidos

Foi também membro titular do diretório do PMDB e secretário regional do partido em Rondônia.

Casou-se em segundas núpcias com Lindalva Prestes da Silva, com quem teve sete filhos.

 

FONTES: ASSEMBL. NAC. CONST. Repertório (1987-1988); COELHO, J. ; OLIVEIRA, A. Nova; Folha de S. Paulo (19/1/87); INF. BIOG.; NICOLAU, J. Dados; Portal do TCU. Relatório de atividades. Disponível em : <http://portal2.tcu.gov.br/portal /page/portal/TCU/publicacoes_insitucionais/relatorio/relatorios_atividades>. Acesso em : 05 dez. 2009.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados