LEOPOLDO DIAS MACIEL

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: MACIEL, Leopoldo
Nome Completo: LEOPOLDO DIAS MACIEL

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
MACIEL, LEOPOLDO

MACIEL, Leopoldo

*dep. fed. MG 1947-1950, 1951-1955, 1961-1962 e 1965-1966.

 

Leopoldo Dias Maciel nasceu em Patos de Minas (MG) no dia 30 de setembro de 1902, filho do coronel Farnese Dias Maciel e de Adelaide Caixeta Maciel. Seu tio, Olegário Maciel, foi deputado federal de 1894 a 1910, senador em 1930 e presidente de Minas de 1930 a 1933. Seu irmão, Adélio Dias Maciel, foi deputado constituinte de 1934 e deputado federal de 1935 a 1937. Seu primo, Lisânias Dias Maciel, foi deputado federal de 1971 a 1976.

Leopoldo Maciel bacharelou-se pela Faculdade de Direito de Niterói, especializando-se posteriormente em registro civil. Cursou ainda a Escola Superior de Gand, na Bélgica.

Iniciou sua vida política em dezembro de 1945, obtendo uma suplência de deputado por Minas Gerais à Assembléia Nacional Constituinte na legenda da União Democrática Nacional (UDN). No pleito de janeiro de 1947, elegeu-se deputado estadual em Minas na legenda da UDN. Convocado a ocupar uma cadeira na Câmara Federal, formada após a promulgação da Constituição em setembro de 1946, quando a Constituinte foi transformada em Congresso ordinário, não chegou a tomar posse na Assembléia mineira. Assumiu o mandato de deputado federal em abril de 1947 e participou dos trabalhos da Comissão Permanente de Segurança Nacional, deixando a Câmara em julho de 1950. No pleito de outubro desse ano, elegeu-se deputado federal por Minas ainda na legenda da UDN, assumindo o mandato em fevereiro de 1951. Em outubro de 1954, candidatou-se à reeleição na mesma legenda e obteve apenas uma suplência, encerrando seu mandato em janeiro de 1955. Nas eleições de novembro de 1958, conseguiu nova suplência de deputado federal na legenda da UDN, ocupando dessa vez uma cadeira na Câmara de maio de 1961 a maio de 1962. Em outubro desse ano, foi mais uma vez eleito suplente, ainda na legenda da UDN, exercendo o mandato de fevereiro a julho de 1965, de agosto de 1965 a janeiro de 1966 e de maio a junho de 1966, no último período já filiado à Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido criado após a decretação do Ato Institucional nº 2 (27/10/1965), que extinguiu os partidos até então existentes e instaurou o bipartidarismo.

Leopoldo Maciel foi também secretário do governo de Minas, chefe de gabinete do Ministério da Educação, chefe do serviço jurídico da Legião Brasileira de Assistência (LBA) e oficial de registro civil da Justiça do Distrito Federal.

Faleceu no Rio de Janeiro no dia 5 de janeiro de 1983.

 

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Relação dos dep.; CISNEIROS, A. Parlamentares; Diário do Congresso Nacional; Jornal do Brasil (11/1/83); Rev. Arq. Públ. Mineiro (12/76); TRIB. SUP. ELEIT. Dados (1, 2, 3, 4, 5 e 6).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados