LEVY, EDMUNDO FERNANDES

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: LEVY, Edmundo Fernandes
Nome Completo: LEVY, EDMUNDO FERNANDES

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
LEVY, Edmundo Fernandes

LEVY, Edmundo Fernandes

*  sen. AM 1963-1971

 

Edmundo Fernandes Levy nasceu no seringal Bom Futuro (AP) no dia 2 de junho de 1911, filho de Henrique Cerf Levy e de Carolina Augusta Sabóia Fernandes Levy.

Realizou os estudos secundários no Ginásio Amazonense Pedro II. Iniciou seus estudos universitários na Escola Nacional de Direito, no Rio de Janeiro e, transferindo-se para a Escola de Direito do Amazonas, formou-se em 1941.  Funcionário civil da União, exerceu no Amazonas as funções de escriturá­rio, oficial administrativo, revisor do Diário Oficial e delegado regional do Trabalho.

No pleito de outubro de 1958, elegeu-se terceiro suplente de deputado federal pelo Amazonas na legenda do Partido Social Tra­balhista (PST), não tendo exercido mandato.  Com a mudança da capital federal para Brasília em 1960, fixou-se nessa cidade, onde tornou-se assistente de gabinete do ministro do Trabalho. Em outubro de 1962, ele­geu-se suplente do senador pelo Amazonas Antovila Rodrigues Mourão Vieira, na legen­da do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).  Exerceu a função de chefe de gabinete do mi­nistro do Trabalho Almino Afonso em feve­reiro de 1963, e em julho desse ano assumiu uma cadeira no Senado em substituição ao titular, sendo designado vice-líder do PTB em agosto de 1965.

Em conseqüência da extinção dos parti­dos políticos pelo Ato Institucional no 2 (27/10/1965) e da posterior instauração do bipartidarismo, filiou-se ao Movimento Demo­crático Brasileiro (MDB), partido de oposição ao regime militar instalado no país em abril de 1964, e, no pleito de no­vembro de 1970, candidatou-se nessa legen­da ao Senado pelo Amazonas, não conseguindo se eleger.  Em janeiro de 1971 concluiu o mandato no Senado.  Com a extinção do bi­partidarismo em 29 de novembro de 1979 e a conseqüente reformulação partidária, filiou-se ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e nessa legenda concorreu a uma cadeira no Senado pelo Amazonas, no pleito de no­vembro de 1982, não conseguindo se eleger.

Afastado do cenário político desde então, retornou ao Ministério do Trabalho como consultor jurídico, aposentando-se em 1988.

Casou-se com Lair Teixeira Mendes Fer­nandes Levy, com quem teve seis filhos.

Publicou o volume de versos Folhas d' alma; Domicílio eleitoral; Os partidos políticos nas Constituições brasileiras; A Amazônia no contexto Terra.

 

FONTES:  INF. BIOG.; SENADO. Dados; SENADO. Rela­ção; SENADO. Relação dos líderes; TRIB. SUP. ELEIT. Dados (4 e 9).

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados