LISBOA, JOAO BATISTA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: LISBOA, João Batista
Nome Completo: LISBOA, JOAO BATISTA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
LISBOA, JOÃO BATISTA

LISBOA, João Batista

*dep. fed. SP 1965 e 1966.

João Batista Lisboa nasceu em Ribeirão Vermelho do Sul (SP) no dia 19 de fevereiro de 1920, filho de Herculano Alves Vieira Lisboa e de Maria Caldas Lisboa.

Contador, assumiu em fevereiro de 1960 o cargo de prefeito municipal de Tatuí (SP), para o qual havia sido eleito pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), com o apoio das correntes nacionalistas do estado. Tendo defendido em sua campanha a encampação da Companhia Luz e Força de Tatuí, empresa privada concessionária dos serviços de energia elétrica no município, após assumir a prefeitura travou séria disputa com a companhia, aliada à oposição local liderada pela União Democrática Nacional (UDN). Em novembro de 1960, a Câmara Municipal, de maioria oposicionista, decidiu afastá-lo do cargo, sob a acusação de haver removido postes instalados pela concessionária. Entretanto, essa decisão foi prontamente neutralizada por ato judicial.

Em janeiro de 1961, ao final do governo de Juscelino Kubitschek, obteve do presidente da República a assinatura do decreto da encampação da companhia, criando o Serviço Municipalizado de Energia Elétrica, o primeiro do gênero no país. Entretanto, o presidente Jânio Quadros atendeu à campanha conjunta da empresa e da oposição local e em julho de 1961 revogou o decreto de encampação. João Batista Lisboa continuou, contudo, a pregar a nacionalização da energia elétrica em todo o país.

No pleito de outubro de 1962, elegeu-se suplente de deputado federal por São Paulo com o apoio da coligação composta pelo PTB e pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB). Ocupou uma cadeira na Câmara de julho a outubro de 1965 e de março a junho de 1966. Em conseqüência da extinção dos partidos políticos pelo Ato Institucional nº 2 (27/10/1965) e da posterior instauração do bipartidarismo filiou-se em 1966 à Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido de apoio ao regime militar instaurado no país em abril de 1964.

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1946-1967); Estado de S. Paulo (25/11 e 3/12/60, 25 e 30/5, 15/7 e 13/8/61); TRIB. SUP. ELEIT. Dados (6).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados