MACIEL, ARTUR ANTUNES

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: MACIEL, Artur Antunes
Nome Completo: MACIEL, ARTUR ANTUNES

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
MACIEL, ARTUR ANTUNES

MACIEL, Artur Antunes

*interv. MT 1931-1932.

 

Artur Antunes Maciel nasceu em Pelotas (RS) no dia 6 de julho de 1879, filho de Artur Antunes Maciel e Leonídia Moreira Maciel. Seu avô por parte de mãe era o barão de Butuí. Seu tio paterno, ligado ao Partido Liberal de Gaspar Silveira Martins, foi deputado-geral de 1881 a 1889 e ministro do Império em 1883. Proclamada a República, participou da Revolução Federalista (1893-1895), esteve exilado no Uruguai e foi deputado federal de 1906 a 1911. Seu primo, Francisco Antunes Maciel Júnior, foi deputado federal de 1915 a 1917, de 1921 a 1926 e em 1930, revolucionário de 1923 e de 1930 e ministro da Justiça de 1932 a 1934, durante o Governo Provisório de Getúlio Vargas.

Artur Antunes Maciel estudou na Escola Politécnica de São Paulo, por onde se formou em 1904. Dedicando-se à engenharia, foi um dos planejadores da reforma da rede ferroviária brasileira.

Após a vitória da Revolução de 1930, por ser ligado a Osvaldo Aranha, foi designado em março de 1931 interventor federal em Mato Grosso em substituição ao coronel Antonino Mena Gonçalves. Tomando posse em abril do mesmo ano, teve seu governo abalado desde o início pela ação de militares pertencentes ao 16º Batalhão de Caçadores e de setores da imprensa local contrários ao governo revolucionário no estado. Além disso, acatando a orientação governamental no sentido de que os membros da administração pública não desenvolvessem atividades político-partidárias, recusou-se a apoiar oficialmente o Partido União Liberal de Mato Grosso, organizado pelos revolucionários sob a liderança de Leônidas Antero de Matos, Vespasiano Martins e João Leite. Descontentes, os liberais que o apoiavam articularam seu afastamento da interventoria, o que ocorreu em junho de 1932, quando Leônidas de Matos foi nomeado em seu lugar.

Durante o ano de 1943, Artur Antunes Maciel foi membro do conselho administrativo da Caixa Econômica Federal do Rio de Janeiro e posteriormente diretor do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) de São Paulo. Presidente da Caixa Econômica Federal de São Paulo nos anos de 1945, 1948, e de 1951 a 1954, tornou-se em 1955 diretor desse mesmo órgão.

Faleceu em São Paulo no dia 4 de outubro de 1955.

Era casado com Francisca Leite Antunes Maciel.

 

 

FONTES: ARQ. GETÚLIO VARGAS; CORRESP. GOV. EST. MT; Grande encic. Delta; Grande encic. portuguesa; INF. FAM.; MENDONÇA, R. História; PEIXOTO, A. Getúlio; POPPINO, R. Federal.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados