MAGALHÃES, Juraci Vieira de

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: MAGALHÃES, Juraci Vieira de
Nome Completo: MAGALHÃES, Juraci Vieira de

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
Mucio Sá DOSSIÊ

MAGALHÃES, Juraci

* pref. Fortaleza 1990-1992 e 1997-2004.

 

Juraci Vieira de Magalhães nasceu em Senador Pompeu (CE) no dia 20 de setembro de 1931, filho de Antonio Ferreira de Magalhães.

No final da década de 1940, transferiu-se para Recife, onde cursou a Faculdade de Medicina e especializaou-se em dermatologia. De volta ao Ceará, em 1966 filiou-se ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido de oposição ao regime militar instalado no país em 1964, onde exerceu funções administrativas antes de se candidatar a um cargo eletivo.

Em 1974, atuou como coordenador da campanha vitoriosa de Mauro Benevides ao Senado Federal.  Em 1986, coordenou a campanha do então peemedebista Tasso Jereissati, eleito em primeiro turno para o governo do estado cearense, com 52,32% dos votos. No ano de 1988, tornou-se superintendente do extinto Instituto Nacional da Previdência Social (INPS). Nesse mesmo ano, concorreu como candidato a vice-prefeito de Fortaleza na chapa de Ciro Gomes, eleito para governar a capital cearense nas eleições municipais de novembro.

No decorrer de 1990, assumiu em definitivo a prefeitura fortalezense, quando Ciro Gomes solicitou renúncia do cargo para concorrer ao governo estadual. No decorrer de sua primeira gestão, Juraci Magalhães empreendeu uma série de grandes obras, aspecto que caracterizou sua trajetória política. Com o término de seu mandato e a opção pelo retorno às atividades médicas, apoiou a vitoriosa candidatura de seu ex-secretário de finanças, o peemedebista Antonio Cambraia, eleito prefeito de Fortaleza no pleito eleitoral de 1992.

Nas eleições gerais de outubro de 1994, voltou ao cenário político como candidato ao governo do estado do Ceará. Naquela ocasião, obteve 28,79% dos votos, tendo sido derrotado por Tasso Jereissati, escolhido por 43,80% dos eleitores. No pleito eleitoral de 1996, concorreu como candidato à prefeitura de Fortaleza, sendo novamente eleito, ainda no primeiro turno, com 520.074 votos, correspondentes a 63% do eleitorado.

Em janeiro de 1997, tomou posse de seu segundo mandato como prefeito da capital cearense. Além das obras que caracterizaram sua maneira de atuar na política, no decorrer de sua segunda administração, Juraci Magalhães empreendeu medidas que visavam a qualificação de mão-de-obra e geração de emprego e renda, além da expansão de micro e pequenas empresas.

No pleito eleitoral realizado em outubro de 2000, concorreu à reeleição e obteve 306.643 votos, contra 282.094 votos obtidos por Inácio Arruda, do Partido Comunista do Brasil (PC do B), contra quem disputou e venceu o segundo turno das eleições municipais, com 512.655 votos, correspondentes a 53,97% do eleitorado fortalezense. Em janeiro de 2001, tomou posse de sua terceira gestão frente à prefeitura. No decorrer desse mandato, recebeu duras acusações de corrupção que acabaram por desgastar sua popularidade e aumentar o índice de rejeição referente à sua administração.

Em 2005, tornou-se filiado ao Partido da República (PR), legenda pela qual disputou uma vaga na Câmara dos Deputados nas eleições realizadas em outubro de 2006. Nessa ocasião, foi votado por 31.226 eleitores, que lhe garantiram a segunda suplência.

Ao longo de sua trajetória profissional, Juraci Magalhães exerceu também o cargo de médico do Instituto da Aposentadoria e Pensão dos Comerciários (IAPC). No decorrer dos 39 anos que manteve-se filiado ao PMDB, foi eleito presidente da legenda em Fortaleza.

Faleceu em Fortaleza, no dia 21 de janeiro de 2009.

Casou-se com Zenaide Magalhães, com quem teve dois filhos.

 

Luciana Pinheiro

 

FONTES: Portal do Jornal Diário do Nordeste (http://diariodonordeste.globo.com/; acessado em 19/06/2009); Portal do Jornal Folha de São Paulo (http://www.folha.uol.com.br/; acessado em 17/06/2009); Portal do Jornal O Povo (http://www.opovo.com.br/; acessado em 19/06/2009); Portal do Jornal A tarde (http://www.atarde.com.br/; acessado em 19.06.2009);  Portal do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (http://www.tre-ce.gov.br/; acessado em 16/06/2009).

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados