MANUEL VIEIRA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: VIEIRA, Monsenhor
Nome Completo: MANUEL VIEIRA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
VIEIRA, MONSENHOR

MONSENHOR VIEIRA

*religioso; dep. fed. PB 1967-1970.

 

Manuel Vieira nasceu no distrito de Belém, atual Uiraúna (PB), no dia 27 de fevereiro de 1907, filho de Manuel Vieira da Costa Lima e de Maria Fernandes Vieira.

Iniciou seus estudos primários na cidade de Cajazeiras (PB). Logo cedo despertou para a vocação religiosa e ingressou no Seminário Diocesano. Realizou os estudos superiores no Seminário Maior de João Pessoa, diplomando-se em filosofia e teologia em 1º de outubro de 1930.

Sacerdote e professor, passou dez anos como padre na região de Cajazeiras, cuja diocese se estendia até a cidade de Patos (PB), para onde foi transferido no início da década de 1940 para coordenar a paróquia local. Desenvolveu nesse município grande trabalho nas áreas religiosa e educacional. Como religioso teve seu trabalho reconhecido pela Igreja Católica, que o promoveu a monsenhor. Como educador, tornou-se mais tarde diretor do Ginásio Diocesano de Patos, que — estadualizado em 1962 por força de projeto de lei da deputada estadual Francisca Mota — após sua morte passou a se chamar Escola Estadual Monsenhor Manuel Vieira.

Em 1962, foi convidado por Abelardo Jurema, ministro da Justiça do governo João Goulart (1961-1964), para dirigir o Serviço de Assistência ao Menor (SAM), mas recusou o convite, alegando motivos particulares. Ingressou na política filiando-se em 1966 à Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido de apoio ao regime militar instituído no país em abril de 1964. No pleito de novembro desse ano, elegeu-se deputado federal pela Paraíba, tomando posse em fevereiro de 1967. Permaneceu na Câmara dos Deputados até 24 de novembro de 1970, quando, em virtude de deficiência visual, renunciou ao seu mandato. Retornou a Patos, aposentou-se, mas continuou com suas atividades religiosas e beneficentes.

Foi ainda secretário de Educação e Cultura e presidente do Conselho de Educação e do Conselho de Cultura do estado da Paraíba.

Faleceu em Campina Grande (PB) no dia 5 de outubro de 1994, vítima de acidente automobilístico.

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1967-1971); INF. FUNDAÇÃO ERNÂNI SÁTIRO; JUREMA, A. Sexta-feira 13.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados