MARIO PENTEADO FARIA E SILVA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: PENTEADO, Mário
Nome Completo: MARIO PENTEADO FARIA E SILVA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
PENTEADO, MÁRIO

PENTEADO, Mário

*pres. IBC 1952-1953 e 1970-1971.

 

Mário Penteado Faria e Silva nasceu em Amparo (SP) no dia 1º de janeiro de 1920, filho do capitão-de-mar-e-guerra Manuel José de Faria e Silva e de Hercília Penteado de Faria e Silva.

Cafeicultor e economista, cursou a Escola Superior de Guerra e realizou diversos cursos no exterior. Primeiro presidente do Instituto Brasileiro do Café (1952-1953), representante da Confederação Rural Brasileira junto ao Conselho de Política Aduaneira (1953-1958), chefe do escritório do IBC em Tóquio (1959-1960), cumpriu várias missões no exterior, entre as quais as de integrante da delegação brasileira ao Congresso Internacional do Algodão, realizado em Tóquio (1961), e da delegação brasileira enviada no mesmo ano à China.

Assessor do general Agostinho Cortes, chefe da agência do Serviço Nacional de Informações no estado de São Paulo durante o governo do general Humberto Castelo Branco (1964-1967), retornou à presidência do IBC em fevereiro de 1970, em substituição a Jaime Miranda, sendo exonerado em dezembro do ano seguinte.

Preocupado basicamente com os preços mínimos do café, Mário Penteado opusera-se às posições de Delfim Neto, então ministro da Fazenda, que pregava um amplo estímulo à indústria brasileira do café solúvel e se mostrava favorável a um entendimento com os norte-americanos. Penteado foi substituído por Carlos Alberto de Andrade Pinto.

Diretor do Departamento de Estatística do Estado de São Paulo da Federação das Associações Rurais do Estado de São Paulo do Departamento de Cooperativismo da Sociedade Rural Brasileira, do Departamento de Café da Confederação Rural Brasileira; conselheiro do Sindicato Rural de Amparo e da Cooperativa Regional de Campinas; diretor-superintendente da Companhia de Armazéns Gerais do Estado de São Paulo; presidente da Comissão de Abastecimento e Preço do Estado de São Paulo, Mário Penteado publicou A concorrência africana representa grave ameaça ao Brasil, além de centenas de artigos em jornais e revistas.

Faleceu em São Paulo no dia 16 de julho de 1974.

Era casado com Antonieta Penteado Faria e Silva, e teve duas filhas.

 

 

FONTES: Diário do Congresso Nacional (9/8/74); INF. FAM. ANTONIETA PENTEADO FARIA E SILVA; Perfil (1971); Veja (4/3/70 e 22/12/71).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados