MARQUES, JOSE VIEIRA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: MARQUES, José Vieira
Nome Completo: MARQUES, JOSE VIEIRA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
MARQUES, JOSÉ VIEIRA

MARQUES, José Vieira

*const. 1934; dep. fed. MG 1935-1937.

 

José Vieira Marques nasceu em Santa Bárbara (MG), atual Barão de Cocais, no dia 28 de setembro de 1877, filho de João Pereira da Costa e de Maria Narcisa Vieira.

Estudou no Colégio Caraça e no Ginásio de Ouro Preto, ambos em Minas Gerais, bacharelando-se, em 1900, pela Escola de Direito de Belo Horizonte. Iniciou sua vida profissional em 1901, quando foi nomeado promotor de justiça na comarca de Palmira, atual Santos Dumont (MG). Vereador, tornou-se, em 1904, presidente da Câmara Municipal de Palmira.

Nas eleições de 1910 para a presidência da República, apoiou a candidatura, afinal vitoriosa, do marechal Hermes da Fonseca, opondo-se à Campanha Civilista, movimento de caráter antimilitarista que promoveu a candidatura de Rui Barbosa. No ano seguinte, elegeu-se deputado à Assembléia Legislativa mineira, onde permaneceu até 1914, quando o presidente estadual Delfim Moreira nomeou-o chefe de polícia do estado de Minas Gerais. Como deputado estadual, integrara diversas comissões e fora primeiro-secretário da mesa da Assembléia.

A partir de março de 1915, acumulou o cargo de chefe de polícia com o de comandante-geral da Força Pública mineira, desempenhando-os até novembro de 1917, quando assumiu a Secretaria do Interior do governo de Minas Gerais. Após deixá-la, em setembro de 1918, candidatou-se em seguida a senador estadual em Minas pelo Partido Republicano Mineiro (PRM). Eleito, ocupou uma cadeira no Senado mineiro entre 1919 a 1926 e, durante a campanha da Aliança Liberal (1929-1930), foi chefe político em Palmira.

Após a Revolução de 1930, colocou-se ao lado do presidente estadual Olegário Maciel, apoiando a repressão ao movimento constitucionalista deflagrado em São Paulo em julho de 1932. No ano seguinte, elegeu-se deputado à Assembléia Nacional Constituinte pela legenda do Partido Progressista (PP) de Minas Gerais. Empossado em novembro de 1933, teve seu nome cogitado no mês seguinte para assumir a interventoria federal em seu estado, cargo que foi entretanto ocupado por Benedito Valadares, com o apoio do PP. Participou dos trabalhos constituintes e, após a promulgação da nova Carta (16/7/1934) e a eleição do presidente da República no dia seguinte, teve o mandato prorrogado até maio de 1935. Reeleito em outubro de 1934, sempre pela legenda do PP, permaneceu na Câmara, exercendo o mandato até 10 de novembro de 1937, quando, com o advento do Estado Novo, os órgãos legislativos do país foram suprimidos. Como deputado federal, fora membro das comissões de Tomada de Contas e do Estatuto dos Funcionários.

Afastado da vida política desde a instauração do Estado Novo, quando passou a exercer a advocacia em Santos Dumont (MG) e tornou-se diretor de uma indústria de laticínios, ingressou no Partido Social Democrático (PSD) após a redemocratização do país em 1945. Em seu novo partido, chefiou as seções da agremiação em Santos Dumont e municípios vizinhos.

Foi também diretor de indústria de tecidos em Minas Gerais.

Faleceu em Santos Dumont no dia 20 de abril de 1946.

Foi casado com Maria Eulália da Cunha Vieira Marques.

 

FONTES: ASSEMB. LEGISL. MG. Dicionário biográfico; ASSEMB. NAC. CONST. 1934. Anais (1); Boletim Min. Trab. (5/36); BOMENY, H. Estratégia; CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Relação nominal; Câm. Dep. seus componentes; CONSULT. RAMOS, P.; Diário Congresso Nacional; GODINHO, V. Constituintes; HEILBORN, M. Oligarquia; NABUCO, C. Vida; Rev. Arq. Públ. Mineiro (12/76).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados