MENANDRO JOSE MINAHIM

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: MINAHIM, Menandro
Nome Completo: MENANDRO JOSE MINAHIM

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
MINAHIM, MENANDRO

MINAHIM, Menandro

*dep. fed. BA 1975-1983.

 

Menandro José Minahim nasceu em Salvador no dia 27 de março de 1919, filho de Samuel Minahim e de Almerinda Lima Minahim.

Graduou-se pela Faculdade de Medicina da Bahia em 1940. Médico do Serviço Social da Indústria (Sesi), iniciou sua carreira política tornando-se prefeito de Serrinha (BA) em 1946, e de Jaguaquara (BA) em 1951. No pleito de outubro de 1954 elegeu-se deputado à Assembléia Legislativa baiana na legenda do Partido Democrata Cristão (PDC), assumindo o mandato em fevereiro de 1955. Reeleito em outubro de 1958 e de 1962, foi primeiro-vice-presidente e líder do PDC na Assembléia. Com a extinção dos partidos políticos pelo Ato Institucional nº 2 (27/10/1965) e a posterior instauração do bipartidarismo, filiou-se à Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido de sustentação do regime militar instalado no país em abril de 1964, voltando a eleger-se deputado estadual nessa legenda em novembro de 1966. Em sua atividade parlamentar foi ainda primeiro-vice-presidente da mesa diretora e presidente da Comissão de Educação e Cultura da Assembléia baiana.

Em setembro de 1970 foi eleito, indiretamente, vice-governador da Bahia, na chapa encabeçada por Antônio Carlos Magalhães. Em janeiro do ano seguinte encerrou seu mandato na Assembléia. Em março assumiu o cargo de vice-governador e, como tal, presidiu a Comissão Estadual do Sesquicentenário da Independência do Brasil. Em 1973, representou o governo baiano na investidura cardinalícia de dom Avelar Brandão Vilela, em Roma.

No pleito de novembro de 1974 elegeu-se deputado federal pela Bahia na legenda da Arena, assumindo o mandato em fevereiro do ano seguinte. Durante essa legislatura, foi vice-presidente da Comissão Especial da Bacia do São Francisco, membro da Comissão de Educação e Cultura e suplente da Comissão de Agricultura e Política Rural. Reelegendo-se em novembro de 1978, tornou-se presidente do diretório regional da Arena na Bahia, membro da Comissão de Saúde e suplente das comissões do Interior e de Educação e Cultura. Com a extinção do bipartidarismo em 29 de novembro de 1979 e a conseqüente reformulação partidária, filiou-se ao Partido Democrático Social (PDS), agremiação situacionista que sucedeu à Arena. Concluiu seu mandato em janeiro de 1983.

Faleceu em junho de 1996.

Era casado com Isete Monteiro de Almeida Minahim, com quem teve uma filha.

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1975-1979 e 1979-1983); IPC. Relação; NÉRI S. 16; Perfil (1980); TRIB. SUP. ELEIT. Dados (3, 4, 6 e 8).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados