MIGUEL ANTONIO BAHURY

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: BAHURY, Miguel
Nome Completo: MIGUEL ANTONIO BAHURY

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
BAHURY, MIGUEL

BAHURY, Miguel

*dep. fed. MA 1959-1963.

 

Miguel Antônio Bahury nasceu em São Luís no dia 26 de dezembro de 1912, filho de Antônio João Bahury e de Carmem Abud Bahury.

Comerciante, industrial e jornalista, no pleito de outubro de 1958 elegeu-se deputado federal pelo Maranhão, na legenda do Partido Social Democrático (PSD), iniciando seu mandato em 1º de fevereiro de 1959. Integrou a Comissão de Segurança Nacional e a Comissão de Orçamento, participando ainda de diversas comissões parlamentares de inquérito e manifestando posição favorável ao regime parlamentarista.

Em 24 de agosto de 1961, quando o governador do então estado da Guanabara Carlos Lacerda denunciou publicamente que o ministro da Justiça Oscar Horta lhe havia declarado que o presidente da República Jânio Quadros preparava um golpe de Estado, Miguel Bahury apresentou à mesa da Câmara um requerimento solicitando a presença dos dois ao Congresso para prestarem esclarecimentos, além de propor a constituição de uma comissão para apurar as denúncias.

Entretanto, o deputado José Maria Alkmin, líder da maioria, rejeitou essas medidas, encaminhando à mesa outro requerimento, datado do dia 25, no qual solicitava a convocação do ministro da Justiça para prestar informações à Câmara. Foi esse o requerimento aprovado pelo plenário, e nessa mesma manhã (25/8/1961) Pedroso Horta distribuiu nota à imprensa refutando as declarações de Lacerda. Ainda no dia 25, Jânio Quadros renunciou à presidência da República.

Em 1962, Miguel Bahury deixou o PSD para ingressar no Partido Social Progressista (PSP), em cuja legenda foi reeleito em outubro deputado federal pelo Maranhão. Interessado em apurar as causas dos acidentes aéreos, num dos quais falecera sua esposa Maria de Lurdes Meneses Bahury dois anos antes, ocupou a presidência da Comissão Parlamentar de Inquérito que investigava a segurança dos vôos no Brasil.

Em 3 de maio de 1963, faleceu num desastre aéreo ocorrido na capital de São Paulo.

Foi casado com Angelita Meneses Bahury, com quem teve três filhos. Do seu casamento com Maria de Lurdes, teve dois filhos.

 

FONTES: CÂM. DEP. Anais (4 e 6); CÂM. DEP. Deputados brasileiros (1946-1967); COUTINHO, A. Brasil; INF. FAM.; Jornal do Comércio, Rio (5/5/63); VÍTOR, M. Cinco.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados