MOURA, ALUISIO DE ANDRADE

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: MOURA, Aluísio de Andrade
Nome Completo: MOURA, ALUISIO DE ANDRADE

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
MOURA, ALUÍSIO DE ANDRADE

MOURA, Aluísio de Andrade

*militar; rev. 1930; interv. RN 1931.

Aluísio de Andrade Moura nasceu em Natal em 1905.

Sentou praça no Exército em janeiro de 1923, tornando-se aspirante-a-oficial em janeiro de 1928. A partir desse ano serviu no 29º Batalhão de Caçadores (29º BC), sediado em Natal, sendo promovido, ainda em agosto, a segundo-tenente e, em agosto de 1930, a primeiro-tenente.

Após ter participado da Revolução de 1930, em janeiro do ano seguinte, quando ocupava o cargo de comandante do Regimento da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, assumiu interinamente a interventoria federal no estado em substituição a Irineu Joffily, por indicação de Juarez Távora, então a mais prestigiada autoridade no Nordeste. Efetivado em março do mesmo ano, permaneceu no cargo até junho seguinte, após haver decretado as regras iniciais da administração revolucionária, dando os primeiros passos para a restauração financeira do estado. Foi então substituído por Herculino Cascardo.

Promovido a capitão em outubro de 1934, em 1936 serviu no 22º BC, sediado em João Pessoa, no 25º BC, em Teresina, no 24º BC, com sede em São Luís, permanecendo neste último até 1938. Transferido no ano seguinte para o 5º Regimento de Infantaria (RI), em Pindamonhangaba (SP), freqüentou, ainda em 1939, a Escola de Armas, no Rio de Janeiro, então Distrito Federal, permanecendo desse ano até 1942 à disposição do interventor federal no Maranhão, Paulo Martins de Sousa Ramos, como comandante de polícia daquele estado.

Promovido a major em setembro de 1943, serviu no 16º RI, em Natal, e, ainda nesse ano, tornou-se comandante da 24ª Circunscrição de Recrutamento, também em Natal, exercendo essa função até 1946. De então até 1951 comandou a Força Policial do Rio Grande do Norte e, nesse ínterim, foi promovido em setembro de 1950 a tenente-coronel. Entre 1952 e 1953 permaneceu à disposição do secretário-geral do Conselho de Segurança Nacional, tendo atuado na Comissão Federal de Abastecimento e Preços (Cofap). Ainda em 1953 serviu no gabinete do ministro do Trabalho, João Goulart, transferindo-se no ano seguinte para a Diretoria Geral de Pessoal do Exército. Promovido a coronel em março de 1955, foi reformado no posto de general-de-brigada em junho do ano seguinte.

Em 1962 tornou-se presidente do Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Ferroviários e Empregados em Serviços Públicos (IAPFESP). Ingressou na política partidária filiando-se ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), mas não chegou a disputar cargos eletivos.

Faleceu em 15 de Novembro de 1973.

Publicou um Relatório das atividades comunistas no Rio Grande do Norte (1947).

FONTES: ARQ GETÚLIO VARGAS; CASCUDO, L. História; Grande encic. Delta; POPPINO, R. Federal; SILVA, H. 1935.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados