NERO DE MACEDO CARVALHO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: MACEDO, Nero de
Nome Completo: NERO DE MACEDO CARVALHO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
MACEDO, NERO DE

MACEDO, Nero de

*const. 1934; sen. GO 1935-1937.

 

Nero de Macedo Carvalho nasceu no estado de Goiás em 1887, filho do major Luís de Macedo Carvalho, veterano da Guerra do Paraguai, e de Joaquina de Macedo.

Cursou a Faculdade de Direito do Rio de Janeiro, então Distrito Federal.

Funcionário concursado da Fazenda Nacional, tornou-se escriturário da Delegacia Fiscal em seu estado e escriturário do Tesouro Nacional. Posteriormente exerceu os cargos de inspetor fiscal em Minas Gerais e Alagoas, chefe da Comissão da Inspeção da Fazenda em Pernambuco, contador da Delegacia Fiscal nos estados de São Paulo e Minas Gerais, e oficial-maior do Tesouro Nacional.

Participando da Revolução de Outubro de 1930, ainda nesse ano foi nomeado secretário de Finanças de Goiás na interventoria de Pedro Ludovico Teixeira, e mais tarde diretor de Fazenda e Obras Públicas, nessa mesma gestão. Quando eclodiu, em julho de 1932, a Revolução Constitucionalista em São Paulo, atuou como capitão-ajudante do lado das forças federais.

No pleito de maio de 1933 elegeu-se deputado à Assembléia Nacional Constituinte na legenda do Partido Social Republicano (PSR) de Goiás, assumindo o mandato em novembro seguinte. Participou dos trabalhos constituintes, redigindo os capítulos referentes à defesa nacional e à religião junto com Manuel César de Góis Monteiro. Foi tambem relator do capítulo sobre as “Disposições transitórias”, tendo defendido o critério de fixar-se o número de representantes na futura Câmara de acordo com o eleitorado e não com a população de cada estado. Com a promulgação da nova Carta em julho de 1934, teve seu mandato prorrogado até maio de 1935.

Em abril de 1935 foi eleito pela Assembléia Constituinte estadual senador por Goiás na legenda do PSR. Durante essa legislatura, apresentou projeto, aprovado por unanimidade, concedendo auxílio federal para a construção de edifícios públicos em Goiânia. Em maio de 1937 representou o PSR na convenção para o lançamento da candidatura de José Américo de Almeida à presidência da República nas eleições previstas para 1938. Permaneceu no Senado até novembro de 1937, quando o advento do Estado Novo suprimiu os órgãos legislalivos do país e cancelou as eleições.

Foi proprietário de empresas gráficas.

Faleceu no Rio de Janeiro em 19 de setembro de 1961.

Foi casado com Maria Andrade de Macedo.

 

 

FONTES: ASSEMB. NAC. CONST. 1934. Anais (1); Boletim Min. Trab. (5/36); CÂM. DEP. Deputado; Diário de Notícias, Rio (26/5/37); Diário do Congresso Nacional; FERREIRA, J. Presidentes; FUND. GETULIO VARGAS. Cronologia da Assembléia; GODINHO, V. Constituintes; MACEDO, R. Efemérides; SENADO. Anais (20/4/35).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados