OKUSHI, NOBUO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: OKUSHI, Nobuo
Nome Completo: OKUSHI, NOBUO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
OKUSHI, NOBUO

OKUSHI, Nobuo

*diplomata japonês.

Nobuo Okushi nasceu no Japão em 1917.

Assumiu o cargo de cônsul de seu país em São Paulo em 1968. No dia 11 de março de 1970, foi seqüestrado quando regressava à sua residência na capital paulista, tendo sido trocado por cinco presos políticos que foram enviados para o exílio no México três dias depois. No dia 15 de março, foi solto pelos seqüestradores em São Paulo.

O seqüestro do cônsul Okushi foi o segundo de uma série de operações semelhantes efetuadas no país contra diplomatas estrangeiros entre 1969 e 1971, sucedendo ao do embaixador norte-americano Charles Burke Elbrick, ocorrido no Rio de Janeiro em setembro de 1969. A operação foi realizada pela Vanguarda Popular Revolucionária (VPR), organização que preconizava a derrubada do regime militar através da luta armada.

Deixando o Brasil pouco depois do episódio, Okushi serviu na chancelaria em Tóquio como responsável por assuntos relativos à América Central e do Sul, tendo sido ainda embaixador japonês em Lisboa. Exerceu também o cargo de embaixador do Japão na Arábia Saudita até 1979, quando foi nomeado embaixador de seu país no Brasil, em substituição ao diplomata Kenzo Yoshida.

Casou-se com Mitsuko Okushi.

FONTES: Jornal do Brasil (18/5, 27/7 e 14/10/79); Veja (18/3/70).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados