OSVALDO NASCIMENTO DA SILVA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: NASCIMENTO, Osvaldo
Nome Completo: OSVALDO NASCIMENTO DA SILVA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
NASCIMENTO, OSVALDO

NASCIMENTO, Osvaldo

*dep. fed. RS 1983-1987.

Osvaldo Nascimento da Silva nasceu em Santa Maria (RS) no dia 23 de setembro de 1935, filho de Pedro Mendonça da Silva e de Maria Doralice Nascimento da Silva.

Bacharel em ciências jurídicas e sociais pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), em 1971, no pleito de novembro de 1972 elegeu-se vereador em sua cidade natal, tomando posse em fevereiro do ano seguinte.

Em novembro de 1976 elegeu-se prefeito de Santa Maria, tendo o mandato prorrogado por dois anos, em 1980, por decisão do Congresso Nacional.

Dois anos depois candidatou-se à Câmara dos Deputados na legenda do Partido Democrático Trabalhista (PDT) do Rio Grande do Sul. Eleito, tomou posse em fevereiro de 1983, integrando a Comissão de Agricultura e Política Rural.

Em 25 de abril de 1984, votou a favor da emenda Dante de Oliveira, que propunha o restabelecimento de eleições diretas para a presidência da República em novembro daquele ano. Derrotada a proposição — faltaram 22 votos para que fosse submetida à apreciação do Senado — Nascimento compareceu à reunião do Colégio Eleitoral e votou no candidato Tancredo Neves, eleito presidente pela Aliança Democrática, uma união do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) com a dissidência do Partido Democrático Social (PDS) reunida na Frente Liberal.

Poucos meses antes, destituído da vice-liderança do PDT pelo líder Brandão Monteiro (PDT-RJ), quase rompeu os laços partidários, mas acabou voltando atrás. Em 1986, contrário à aliança do PDT com o PDS, para a disputa do governo gaúcho, Osvaldo Nascimento finalmente abandonou o partido e, ao lado de outras lideranças, como o presidente da Juventude Socialista, Renato Paim da Rocha, ingressou no PMDB.

Sem concorrer à reeleição no pleito de novembro de 1986, deixou a Câmara dos Deputados ao término da legislatura, em janeiro seguinte.

Quase dez anos depois, no pleito realizado em outubro de 1996, filiado ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), conquistou de novo a prefeitura de Santa Maria, derrotando entre outros candidatos o deputado federal Renan Kurtz, do PDT, e assumindo o mandato em janeiro do ano seguinte.

Candidatou-se à Assembléia Legislativa gaúcha pelo PTB no pleito de 2002, mas não foi eleito. Nas eleições de 2004, foi candidato a vereador de Santa Maria, já agora na legenda do PDT, mas também não teve sucesso.

Casado com Alzira Anila da Silva, teve duas filhas.

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1983-1987); Folha de S. Paulo (7/10/96); Globo (26/4/84, 16/1/85 e 11/8/86); Jornal do Brasil (23/8/84);  Portal do TRE TRE-RS. Eleições Municipais 2004.  Rio Grande do Sul Disponível em : <(http://www.tre-rs.gov.br/eleicoes/2004/1t/ voto/RS88412.htm>. Acesso em : 17 set. 2009; acessado em 17/9/2009).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados