RAIMUNDO MONTEIRO RESENDE

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: RESENDE, Raimundo
Nome Completo: RAIMUNDO MONTEIRO RESENDE

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
RESENDE, RAIMUNDO

RESENDE, Raimundo

*const. 1987-1988; dep. fed. MG 1987-1991.

Raimundo Monteiro Resende nasceu em Governador Valadares (MG) no dia 2 de dezembro de 1921, filho do telegrafista Romualdo Monteiro de Resende e de Marieta Leão de Resende.

Cursou o secundário no Colégio Leopoldinense, formando-se em 1939. Em 1947, graduou-se como médico pela Faculdade Nacional de Medicina da Universidade do Brasil, atual Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), no Rio de Janeiro, à época Distrito Federal.

Iniciou-se na política como vereador em Governador Valadares pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) no pleito de outubro de 1962, assumindo a cadeira em fevereiro do ano seguinte e tornando-se presidente da Câmara. Com a extinção dos partidos políticos pelo Ato Institucional nº 2 (27/10/1965) e a posterior implantação do bipartidarismo, filiou-se ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido de oposição ao regime militar instaurado no país em abril de 1964. Nessa legenda, elegeu-se prefeito de Governador Valadares no pleito de novembro de 1976, sendo empossado em março do ano seguinte.

Com a extinção do bipartidarismo em 29 de novembro de 1979 e a conseqüente reformulação partidária, filiou-se ao Partido Democrático Social (PDS) e, posteriormente, ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Deixando a prefeitura de Governador Valadares no início de 1982, elegeu-se deputado estadual pelo PMDB no pleito de novembro do mesmo ano, tomando assento na Assembléia Legislativa de Minas Gerais em fevereiro de 1983. Participou dos trabalhos legislativos como membro efetivo da Comissão de Saúde e Ação Social, presidente da Comissão de Fiscalização Financeira e Tomada de Contas e suplente da Comissão de Assuntos Municipais e Planejamentos Regionais. Entre 1984 e 1985, foi vice-líder do governo de Hélio Garcia (1984-1987) na Assembléia Legislativa. Em 1985, licenciou-se do mandato parlamentar para ocupar a Secretaria de Saúde no governo estadual, permanecendo no cargo até 1986.

Eleito deputado federal constituinte por Minas Gerais em novembro de 1986, teve com base eleitoral o norte de Minas. Empossado em fevereiro de 1987, quando começaram os trabalhos na Assembléia Nacional Constituinte, participou como titular da Subcomissão de Saúde, Seguridade e do Meio Ambiente da Comissão da Ordem Social e como suplente da Subcomissão dos Municípios e Regiões da Comissão da Organização do Estado.

Nas principais votações da Constituinte, cuja Carta foi promulgada em 5 de outubro de 1988, foi contra a limitação do direito de propriedade privada, a remuneração 50% superior para o trabalho extra, a jornada semanal de 40 horas, o turno ininterrupto de seis horas, o aviso prévio proporcional ao tempo de serviço, a soberania popular, o voto facultativo aos 16 anos, a estatização do sistema financeiro, a legalização do aborto, a limitação dos encargos da dívida externa, a criação de um fundo de apoio à reforma agrária e a desapropriação de propriedades rurais produtivas para fins de reforma agrária. Votou a favor da pluralidade sindical, do presidencialismo e do mandato de cinco anos para o presidente José Sarney.

Tentou a reeleição em outubro de 1990, na legenda do PMDB, mas não obteve sucesso, deixando a Câmara dos Deputados ao final da legislatura, em janeiro do ano seguinte.

Casou-se com Hélvia de Oliveira Resende, com quem teve cinco filhos.

 

FONTES: ASSEMB. LEGISL. MG. Dicionário biográfico; ASSEMB. NAC. CONST. Repertório (1987); CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1991-1995); COELHO, J. & OLIVEIRA, A. Nova.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados