REBELO, AARAO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: REBELO, Aarão
Nome Completo: REBELO, AARAO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
REBELO, AARÃO

REBELO, Aarão

*const. 1934; dep. fed. SC 1962.

 

Aarão Rabelo nasceu em Itajaí (SC) no dia 26 de fevereiro de 1906, filho de Alfredo José Rebelo e de Maria Cunha Rebelo.

Freqüentou o Colégio Santo Antônio, em Blumenau (SC), e o Ginásio Catarinense, em Florianópolis. Cursou ainda o Ginásio Paranaense, em Curitiba, ingressando depois na Faculdade de Direito dessa capital, onde estudou até o segundo ano. Entre 1929 e 1930 — ano em que se bacharelou pela Faculdade de Direito do Rio de Janeiro, então capital federal — participou do movimento da Aliança Liberal em Santa Catarina e no Rio de Janeiro através de comícios e da imprensa.

De volta a seu estado natal, foi inspetor do ensino federal e, de 1930 a 1931, exerceu a função de secretário estadual da Fazenda e Obras Públicas na gestão do interventor Ptolomeu de Assis Brasil. Ainda em 1931, tornou-se procurador da Junta de Sanções.

Um dos fundadores do Partido Liberal Catarinense (PLC), em maio de 1933 elegeu-se deputado por Santa Catarina à Assembléia Nacional Constituinte na legenda dessa agremiação. Essa eleição foi anulada, mas, num segundo pleito, Aarão Rebelo conseguiu assegurar o mandato, assumindo-o em janeiro de 1934. Participou dos trabalhos constituintes, combatendo sistematicamente a concessão de direitos políticos à mulher e chegando a apresentar nesse sentido uma emenda ao projeto de Constituição. Devido a essa atitude, foi cognominado “o inimigo das mulheres”. Com a promulgação da nova Carta (17/7/1934), teve o mandato estendido até maio de 1935.

Depois de longo afastamento da Câmara, em outubro de 1958 elegeu-se segundo-suplente de deputado federal por Santa Catarina na legenda do Partido Social Democrático (PSD), ocupando uma cadeira na Câmara dos Deputados de agosto a novembro de 1962, quando deixou definitivamente a casa.

Colaborou na Gazeta do Povo, de Curitiba, e na Gazeta de Notícias, do Rio de Janeiro.

Faleceu em Curitiba no dia 24 de março de 1989.

Era casado com Julieta Brandão Rebelo, com quem teve dois filhos.

 

FONTES: ARQ. GETÚLIO VARGAS; CABRAL, O. Era; CÂM. DEP. Deputados; Câm. Dep. seus componentes; GODINHO, V. Constituintes; INF. Péricles Rebelo; TRIB. SUP. ELEIT. Dados (4 ).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados