SAMPAIO, LEONIDAS

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: SAMPAIO, Leônidas
Nome Completo: SAMPAIO, LEONIDAS

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
SAMPAIO, LEÔNIDAS

SAMPAIO, Leônidas

*dep. fed. RJ 1975-1987.

 

Leônidas Sampaio Fernandes nasceu em Petrópolis (RJ) no dia 10 de junho de 1932, filho de José Martins Fernandes Filho e de Célia Sampaio Fernandes.

Formou-se cirurgião-dentista pela Faculdade de Farmácia e Odontologia de Juiz de Fora (MG), em 1955, e odontorradiologista no Rio de Janeiro.

Com base eleitoral em sua cidade natal, em novembro de 1970 elegeu-se deputado à Assembléia Legislativa fluminense, na legenda do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) — partido de oposição ao regime militar instaurado no país em abril de 1964 —, assumindo sua cadeira em fevereiro de 1971. Integrante da facção do MDB fluminense ligada ao senador Ernâni Amaral Peixoto, foi eleito deputado federal pelo Rio de Janeiro na legenda desse partido em novembro de 1974. Encerrando seu mandato de deputado estadual em janeiro de 1975, assumiu sua cadeira na Câmara em fevereiro do mesmo ano, participando da Comissão de Saúde.

Afastando-se do “amaralismo” devido ao apoio dado por Amaral Peixoto a seu adversário político Paulo Rattes, disputou o pleito de novembro de 1978 como candidato independente na legenda do MDB, e reelegeu-se deputado federal. Nesta legislatura tornou a ser membro da Comissão de Saúde da Câmara. Com a extinção do bipartidarismo em 29 de novembro de 1979 e a conseqüente reformulação partidária, filiou-se ao Partido Popular (PP). Com a incorporação do PP ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) — sucessor do MDB — em fevereiro de 1982, passou a integrar este último. No pleito de novembro de 1982 foi o deputado federal mais votado na legenda do PMDB pelo Rio de Janeiro, assumindo o mandato em fevereiro do ano seguinte.

Em 25 de abril de 1984, votou a favor da emenda Dante de Oliveira, que previa eleições diretas para presidente da República. Derrotada a proposição — faltaram 22 votos para que fosse levada à apreciação do Senado — no Colégio Eleitoral, reunido em 15 de janeiro de 1985, Leônidas Sampaio apoiou o candidato oposicionista Tancredo Neves, eleito pela Aliança Democrática, uma união do PMDB com a dissidência do Partido Democrático Social (PDS) abrigada na Frente Liberal. Doente, Tancredo Neves não chegou a ser empossado, vindo a falecer em 21 de abril de 1985. Seu substituto foi o vice José Sarney, que já vinha exercendo o cargo interinamente, desde 15 de março desse ano.

Nesse mesmo mês, Leônidas Sampaio fez parte da dissidência do PMDB que apoiou o deputado Osvaldo Lima Filho candidato à liderança do partido na Câmara dos Deputados, em oposição ao Colégio de vice-líderes. Sem concorrer à reeleição, deixou a Câmara ao término da legislatura, em janeiro de 1987.

Faleceu no dia 10 de agosto de 1993.

Era casado com Lenir Mendes Fernandes, com quem teve quatro filhos. Um deles, Leandro Sampaio, elegeu-se em outubro de 1996 prefeito de Petrópolis, pela legenda do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1975-1979); Globo (14/3/85 e 7/4/87); IPC. Relação de parlamentares; NÉRI, S. 16; Perfil (1980); TRIB. SUP. ELEIT. Dados (9).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados