SANTOS, ALUISIO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: SANTOS, Aluísio
Nome Completo: SANTOS, ALUISIO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
SANTOS, ALUÍSIO

SANTOS, Aluísio

*dep. fed. ES 1975-1979, 1991-1995, 1999-.

Aluísio Santos nasceu em Brejo Grande (SE), no dia 11 de outubro de 1940, filho de Manuel Francisco dos Santos e de Maria Jardelina Santos.

Adulto, foi morar no Espírito Santo, onde trabalhou como carregador de marmita para operários e estudou, formando-se em direito pela Universidade Federal do Espírito Santo em 1970.

Assessor jurídico da prefeitura de Cariacica (ES) de 1971 a 1972, iniciou a carreira política como vice-prefeito desse mesmo município, em fevereiro de 1973. No pleito de novembro de 1974 elegeu-se deputado federal na legenda do Movimento Democrático Brasileiro (MDB). Titular da Comissão de Trabalho e Legislação Social da Câmara, presidiu a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Loterias, de 1976 a 1977, tendo participado também das CPIs do Índio e do Sistema Habitacional, ambas em 1977. Tentou reeleger-se em 1978, pela mesma legenda, mas foi malsucedido, alcançando apenas uma suplência.

Com a extinção do bipartidarismo em 29 de novembro de 1979 e a conseqüente reformulação partidária, filiou-se ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), sucessor do MDB.

Assessor jurídico da prefeitura municipal de Vila Velha de 1980 a 1981, secretário municipal de Planejamento de Cariacica em 1981, e procurador da prefeitura de Vitória de 1981 a 1982, ocupou os cargos de delegado regional da Superintendência Nacional de Abastecimento (Sunab) de 1984 a 1985 e de diretor de Turismo, Esporte e Lazer da Prefeitura de Cariacica de 1985 a 1986.

Reelegeu-se deputado federal na legenda do PMDB no pleito de outubro de 1990, assumindo a cadeira em fevereiro de 1991. Titular da Comissão de Viação e Transportes, Desenvolvimento Urbano e Interior, votou pela extinção do voto obrigatório e pela criação do Imposto Provisório sobre Movimentação Financeira (IPMF) e do Fundo Social de Emergência (FSE), que permitiria ao governo gastar até 20% da arrecadação vinculada às áreas de saúde e de educação.

Na sessão da Câmara dos Deputados de 29 de setembro de 1992, votou a favor da abertura do processo de impeachment do presidente Fernando Collor de Melo, acusado de crime de responsabilidade por ligações com um esquema de corrupção liderado pelo ex-tesoureiro de sua campanha presidencial Paulo César Farias. Afastado da presidência logo após a votação na Câmara, Collor renunciou ao mandato em 29 de dezembro de 1992, pouco antes da conclusão do processo pelo Senado Federal, sendo efetivado na presidência da República o vice Itamar Franco, que já vinha exercendo o cargo interinamente desde o dia 2 de outubro.

Sem ter concorrido à reeleição em outubro de 1994, deixou a Câmara dos Deputados ao término da legislatura, em janeiro de 1995.

Em outubro de 1998 voltou a disputar um mandato de deputado federal, desta vez pela legenda do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), obtendo uma suplência. Assumiu o mandato no final de fevereiro de 1999, na vaga aberta por José Carlos Fonseca Júnior, convocado para compor o secretariado do governo de José Inácio Ferreira (1999-). Aluísio Santos deixaria a Câmara a 1º de janeiro de 2001, para reassumir a prefeitura de Cariacica, a qual conquistara nas eleições de outubro do ano anterior.

Tentou novo mandato municipal nas eleições de 2004, mas desta vez foi derrotado, no 2º turno, pelo candidato do Partido dos Trabalhadores (PT), Hélder Salomão.

Faleceu no dia 6 de novembro de 2007, vítima de falência múltipla de órgãos.

Fundador e vice-presidente do Colégio Campo Grande, vinculado ao Conselho Nacional de Escolas da Comunidade (CNEC), Aloísio Santos foi advogado e contador.

Foi casado com Alice Coutinho Santos, com quem teve cinco filhos.

 

 

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados brasileiros (1975-1979); CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1991-1995); CÂM. DEP. Quadro de titulares e suplentes; Jornal do Brasil (18/11/74 e 18 e 19/11/89); NÉRI, S. 16; Perfil parlamentar/IstoÉ (1991); Portal do TSE. Resultado eleição 2004. Disponível em : <http://www.tse.gov.br/internet/ eleicoes/2004>. Acesso em : 17 jul. 2009.

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados