SILVA, AMERICO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: SILVA, Américo
Nome Completo: SILVA, AMERICO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
SILVA, AMÉRICO

SILVA, Américo

*dep. fed. PA 1963-1964.

 

Américo Silva nasceu em Belém no dia 23 de novembro de 1915, filho de Antônio Silva e Celina Silva.

Em sua cidade natal, estudou no Instituto Lauro Sodré, e posteriormente freqüentou o Fênix Caixeral.

Comerciante, foi fundador do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) no Pará. Entre 1952 e 1954 foi delegado do Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Empregados em Transportes e Cargas (Iapetec) no seu estado.

No pleito de outubro deste último ano elegeu-se deputado estadual na legenda do PTB. Empossado em fevereiro de 1955, tornou-se quarto-vice-presidente da Assembléia Legislativa, presidindo também seu partido no Pará.

Reeleito no pleito de outubro de 1958, no ano seguinte licenciou-se da Assembléia para ocupar o cargo de secretário da Produção do Estado do Pará, durante governo do coronel Luís Geolás de Moura Carvalho. Desempenhando aquela função até 1962, neste mesmo ano retornou para a Assembléia Legislativa.

Membro do diretório nacional do PTB, em outubro de 1962 elegeu-se deputado federal. Encerrando seu mandato na Assembléia em janeiro do ano seguinte, ocupou sua cadeira na Câmara dos Deputados de 1º de fevereiro de 1963 a 13 de junho de 1964, quando teve seu mandato cassado com base no Ato Institucional nº 1, editado (9/4/1964) pela junta militar que assumira o governo com a deposição de João Goulart e que permitiu punições extra-legais aos adversários do novo regime, determinou a eleição indireta do presidente da República e transferiu para o Executivo importantes atribuições do Poder Legislativo.

Afastado da vida pública, dedicou-se à usina de beneficiamento de arroz de sua propriedade, no interior do Pará. Representante do governo paraense em Brasília durante o governo de Alacid Nunes (1979-1983), no ano seguinte ocupou a Superintendência da Companhia Brasileira de Alimentos (Cobal) no Pará.

Faleceu em Belém no dia 25 de agosto de 1984.

Era casado com Iraci Fayad Silva, com quem teve sete filhos. Seu sogro, Mamed Fayad, foi comerciante e chefe político.

 

FONTES: ARQ. DEP. PESQ. JORNAL DO BRASIL; CÂM. DEP. Anais; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1946-1967); INF. Maria Luzia Fayad da Silva.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados