SILVA, ESTENIO GOMES DA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: SILVA, Estênio Gomes da
Nome Completo: SILVA, ESTENIO GOMES DA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
SILVA, ESTÊNIO GOMES DA

SILVA, Estênio Gomes da

*const. 1946; dep. fed. CE 1946-1948; gov. CE 1954-1955.

 

Estênio Gomes da Silva nasceu em Baturité (CE) no dia 2 de janeiro de 1907, filho do desembargador Luís Gonzaga Gomes da Silva e de Maria do Espírito Santo Barreira Gomes da Silva.

Fez seus estudos primários em sua terra natal, bacharelando-se em dezembro de 1930 em ciências jurídicas e sociais pela Faculdade de Direito do seu estado. Iniciou sua vida pública atuando como promotor durante dois anos. Ingressou em 1934 na política ao se eleger deputado à Assembléia Constituinte do Ceará, onde, além de líder da maioria, foi membro das comissões de Constituição e Justiça e de Finanças. Com a instauração, em novembro de 1937, do Estado Novo, que suprimiu todos os órgãos legislativos existentes no país, retornou às suas atividades privadas, voltando a exercer, de 1938 a 1941, cargo público como procurador-geral de seu estado.

Com o fim do Estado Novo em outubro de 1945, elegeu-se em dezembro desse ano deputado à Assembléia Nacional Constituinte, pelo Ceará, na legenda do Partido Popular Sindicalista (PPS), assumindo seu mandato em março de 1946. Participou dos trabalhos constituintes e, com a promulgação da nova Constituição em setembro de 1946, passou a exercer seu mandato ordinário. Em março de 1947 licenciou-se da Câmara para assumir o cargo de secretário de Agricultura do Ceará, no qual permaneceu até novembro desse mesmo ano. Retornando à Câmara dos Deputados, exerceu o seu mandato até maio de 1948, quando se afastou das atividades parlamentares.

Em outubro de 1950 elegeu-se vice-governador do seu estado, na legenda da coligação do Partido Social Democrático (PSD), Partido Social Progressista (PSP) e Partido Republicano (PR). Em julho de 1954 assumiu o governo do Ceará, em substituição a Raul Barbosa, que se desincompatibilizou do cargo para concorrer às eleições para o Senado. Deixou o governo cearense em janeiro de 1955.

Faleceu em Fortaleza no dia 29 de julho de 1961.

Era casado com Maria Luísa Filomeno Gomes da Silva, com quem teve quatro filhos.

 

FONTES: Almanaque do Ceará; CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Relação dos dep.; INF. Ticiana Maria Filomeno Gomes da Silva; Grande encic. Delta; SILVA, G. Constituinte; TRIB. SUP. ELEIT. Dados (1, 2 e 7).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados