SILVA, MURILO VASCO DO VALE E

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: SILVA, Murilo Vasco do Vale e
Nome Completo: SILVA, MURILO VASCO DO VALE E

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
SILVA, MURILO VASCO DO VALE E

SILVA, Murilo Vasco do Vale e

*militar; comte. V DN 1963-1964; comte.-em-ch. Esquadra 1966-1967; ch. EMFA 1969-1971.

 

Murilo Vasco do Vale e Silva nasceu no Rio de Janeiro, então Distrito Federal, no dia 31 de agosto de 1907, filho de Manuel Joaquim da Silva e de Agostina do Vale Silva.

Sentou praça na Escola Naval do Rio de Janeiro em abril de 1925. Foi promovido a segundo-tenente em outubro de 1929, a primeiro-tenente em agosto de 1931, a capitão-tenente em outubro de 1933, a capitão-de-corveta em janeiro de 1944 e a capitão-de-fragata em setembro de 1949. Participou da delegação brasileira à Junta Interamericana de Defesa em Washington, de setembro de 1952 a outubro de 1953, e foi promovido a capitão-de-mar-e-guerra em março de 1954, realizando o curso da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME) em 1955. Foi vice-diretor da Escola de Guerra Naval no Rio de Janeiro de fevereiro de 1958 a 1959 e tornou-se comandante da base naval de Salvador em abril desse ano. Promovido a contra-almirante em novembro de 1959, deixou Salvador no mês seguinte.

De março de 1960 a janeiro de 1961 cursou a Escola Superior de Guerra (ESG) no Rio de Janeiro, assumindo em seguida o Comando do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (CEMCFA), onde permaneceu até fevereiro de 1963. No mês seguinte foi nomeado comandante do V Distrito Naval (V DN), com sede em Florianópolis, substituindo o contra-almirante Jurandir da Costa Müller Campos. Em setembro de 1964, foi promovido a vice-almirante e em dezembro deixou o comando do V DN, sendo substituído pelo contra-almirante Áureo Dantas Torres. Em janeiro de 1965 tornou-se vice-chefe do Estado-Maior da Armada (EMA), permanecendo no cargo até março de 1966, quando assumiu o posto de comandante-em-chefe da Esquadra, em substituição ao almirante-de-esquadra Sílvio Monteiro Murtinho. Foi promovido a almirante-de-esquadra em dezembro.

Deixou o comando da Esquadra em março de 1967, passando o cargo para o vice-almirante Mário Cavalcanti Albuquerque, para assumir a presidência da Comissão Militar Mista Brasil-Estados Unidos em abril, onde permaneceu até outubro de 1969. Nesse mês foi nomeado chefe do Estado-Maior das Forças Armadas (EMFA), em substituição ao general Orlando Geisel. Exerceu essa chefia até setembro de 1971, dando lugar ao general Idálio Sardenberg. Em seu período na Marinha, realizou ainda os cursos de máquinas, básico de comando e superior da Escola de Guerra Naval. Cursou ainda a Escola Politécnica Especial.

Faleceu na cidade do Rio de Janeiro no dia 31 de janeiro de 1980.

Era casado com Hilda do Vale Silva, com quem teve um filho.

 

 

FONTES: CORRESP. ESTADO-MAIOR DAS FORÇAS ARMADAS; CORRESP. SERV. DOC. GER. MAR.; Jornal do Brasil (31/10/75, 1 e 7/2/80); MIN. MAR. Almanaque; Perfil (1971).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados