Sílvio de Andrade Abreu

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: ABREU, Sílvio de
Nome Completo: Sílvio de Andrade Abreu

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

ABREU, Sílvio de

*dep. fed. MG 1971-1975.

 

Sílvio de Andrade Abreu nasceu em Rio Preto (MG) no dia 9 de outubro de 1913, filho do advogado José Ribeiro de Abreu e da professora Antônia de Andrade Abreu. Seu irmão, Hugo de Andrade Abreu (1916-1979), chegou ao generalato, tendo sido chefe do Gabinete Militar da Presidência da República de 1974 a 1978, durante o governo de Ernesto Geisel (1974-1979).

Sílvio de Abreu bacharelou-se pela Faculdade Nacional de Direito, no Rio de Janeiro, em 1936. De volta a Minas, foi delegado de polícia, diretor da Loteria de Minas Gerais e fundador e diretor da Penitenciária Regional de Juiz de Fora. Em outubro de 1950, elegeu-se deputado à Assembléia Legislativa mineira pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), tendo cumprido o mandato de fevereiro de 1951 a janeiro de 1955. Ao longo deste período, fora vice-presidente da Comissão Executiva da Assembléia e da Comissão de Serviço Público, presidente da Comissão de Energia e Transportes e membro efetivo da Comissão de Redação e das comissões especiais para revisão da Lei de Organização Municipal e para a reforma da Lei de Organização Judiciária.

No pleito de novembro de 1970, elegeu-se deputado federal por Minas Gerais pela legenda do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido de oposição ao regime militar instaurado no país em abril de 1964, assumindo o mandato em fevereiro do ano seguinte. Na Câmara, integrou as comissões de Constituição e Justiça, de Minas e Energia e do Desenvolvimento da Região Centro-Oeste. Em 1974, deixou de concorrer à reeleição, por problemas de saúde, prestigiando a candidatura à Câmara Federal de seu filho, Sílvio de Andrade Abreu Júnior, pela legenda do MDB mineiro. Assim, deixou a Câmara em janeiro de 1975, ao final da legislatura, abandonando a vida pública. Seu filho voltou a eleger-se sucessivamente até 1994, tendo sido constituinte em 1987 e 1988.

Sílvio Abreu faleceu em Juiz de Fora no dia 17 de julho de 1987.

Era casado com Vera Jorge de Abreu, com quem teve, além de Sílvio de Abreu Júnior, mais um filho.

 

FONTES: ASSEMB. LEGISL. MG. Dicionário biográfico; CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1971-1975); INF. FAM.; Perfil (1972); Rev. Arq. Públ. Mineiro (12/76).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados