SILVIO JOSE VENTUROLLI

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: VENTUROLLI, Sílvio
Nome Completo: SILVIO JOSE VENTUROLLI

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
Venturolli, Sílvio

VENTUROLLI, Sílvio 

* dep. fed. SP 1971 e 1972-1979.

 

Sílvio José Venturolli nasceu em Corumbataí (SP) no dia 4 de fevereiro de 1930, filho de Sílvio Venturolli e de Mariana Zancheta Venturolli.

Fez os primeiros estudos no Colégio Santo Antônio, em Limeira (SP), transferindo-se depois para Rio Claro (SP), onde freqüentou o Instituto de Educação Joaquim Ribeiro e a Escola Técnica de Comércio Professor Artur Bilac. Em 1950 tornou-se professor do Instituto de Educação Manuel Bento da Cruz, onde exerceria o cargo de diretor em 1963. No ano seguinte formou-se em matemática pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de Campinas (SP). Professor de matemática e de estatística na Escola Técnica de Comércio D. Pedro II, fez um curso de extensão universitária na Fundação Getúlio Vargas (FGV), no Rio de Janeiro, em 1953.

Foi vice-prefeito de Araçatuba (SP) de 1960 a 1963, tendo assumido em caráter interino o Executivo municipal em 1962. Posteriormente, entre 1964 e 1969, foi prefeito do mesmo município.

Em novembro de 1970 elegeu-se deputado federal por São Paulo na legenda da Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido de apoio ao regime militar instaurado no país em abril de 1964, assumindo a cadeira em fevereiro de 1971. Licenciou-se por pouco tempo, voltando a exercer o mandato entre abril e dezembro de 1971 e de maio do ano seguinte até o final da legislatura.  Nesse período, participou das comissões de Segurança Na­cional e  de Desenvolvimento da Região Sul, e como suplente, da Comissão de Saúde. 

Reeleito em novembro de 1974, ainda na legenda da Arena, continuou participando da Comissão de Segurança Nacional e foi suplente da Comissão de Educação e Cultura. Novamente candidato à reeleição, em novembro de 1978, ficou entre os suplentes, deixando a Câmara em  fevereiro de 1979.

Com o fim do bipartidarismo, em novembro de 1979, e a conseqüente reformulação partidária, filiou-se ao Partido Democrático Social (PDS), agremiação sucessora da Arena.

No pleito de novembro de 1982 candidatou-se à prefeitura de Araçatuba, pela legenda do PDS, mas não obteve sucesso, recolhendo-se à vida privada

Em 1988 participou da campanha vitoriosa da esposa, Germínia Dolce Venturolli, à prefeitura de Araçatuba, na legenda do Partido Democrático Trabalhista (PDT). De 1989 a 1992 foi secretário de Assuntos Gerais, coordenando toda a atividade política do governo municipal. Retornou em 1996, para ajudar na reeleição de Germínia, desta vez na legenda do Partido Republicano Progressista (PRP). Em fevereiro de 1997 assumiu a chefia de gabinete da Prefeitura.

Sílvio Venturolli foi diretor Regional de Ensino, em Araçatuba, de 1979 a 1982.

Teve quatro filhos. Seu genro, Fernando Gomes Perri, foi vereador de Araçatuba, entre 1989 e 1993.

.

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1971-1975 e 1975-1979); INF. BIOG.; NÉRI, S. 16; Perfil (1972).

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados