SOUSA, JOSE HONORATO DE

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: SOUSA, José Honorato de
Nome Completo: SOUSA, JOSE HONORATO DE

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
SOUSA, JOSÉ HONORATO DE

SOUSA, José Honorato de

*const. 1934; dep. fed. GO 1935-1937.

José Honorato da Silva e Sousa nasceu no dia 2 de maio de 1898 em Goiás Velho, então capital do estado de Goiás, filho do desembargador Vicente Miguel da Silva Abreu e de Eugênia Fleury e Silva. Seu pai foi deputado federal por Goiás entre 1935 e 1937 e seu irmão, Paulo Fleury, também foi deputado federal por Goiás (1951-1954).

De família tradicional de Goiás, fez seus estudos iniciais no Ginásio dos Maristas, em Uberaba (MG), passando para o Liceu Salesiano em Cuiabá e, posteriormente, para o Liceu de Goiás. Ingressou na Faculdade de Ciências Jurídicas de seu estado, formando-se em dezembro de 1920.

Advogado e jornalista, iniciou-se na vida política como militante do Partido Republicano de Goiás, combatendo o governo de Brasil Ramos Caiado (1925-1929). Redator da Voz do Povo, jornal da capital do estado, empenhou-se na divulgação da campanha da Aliança Liberal (1929-1930). Nessa época foi nomeado procurador de Getúlio Vargas e de João Pessoa, candidatos da Aliança Liberal à presidência e à vice-presidência da República, para fiscalizar as eleições de março de 1930 e, mais tarde, acompanhar a apuração das mesmas em Goiás.

Durante a Revolução de 1930 colocou-se ao lado de Carlos Pinheiro Chagas e à frente de um batalhão de civis e militares que invadiu o estado, proveniente de Minas Gerais. Com a queda do governo de Humberto Martins Ribeiro (1929-1930) e a posse do interventor Pinheiro Chagas (27/10/1930), foi nomeado secretário do Interior e Justiça de Goiás. Exerceu o cargo durante dois anos, nele sendo mantido na gestão do interventor Pedro Ludovico Teixeira (1930-1932). Reformou nessa época o ensino primário e normal de seu estado e instituiu a cadeira de história de Goiás nos estabelecimentos de ensino estadual.

Tomou parte na fundação do Partido Social Republicano (PSR) de seu estado, criado em janeiro de 1933, tornando-se membro de seu diretório central. Nessa legenda foi eleito em maio de 1933 deputado à Assembléia Nacional Constituinte por Goiás. Assumindo sua cadeira em novembro do mesmo ano, participou ativamente dos trabalhos constituintes, principalmente nas emendas referentes ao Poder Judiciário e em defesa da mudança da capital da República para o planalto de Goiás. Após a promulgação da nova Carta no dia 16 de julho de 1934, teve seu mandato estendido até maio de 1935. Reeleito deputado federal em outubro de 1934, permaneceu na Câmara até 10 de novembro de 1937, quando o advento do Estado Novo suprimiu os órgãos legislativos do país.

Foi ainda diretor de O Social, jornal editado em Goiás, e pertenceu ao Instituto Geográfico do estado, do qual foi um dos fundadores.

Casou-se com Natália da Silva e Sousa.

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; Câm. Dep. seus componentes; GODINHO, V. Constituintes; Grande encic. Delta.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados