TEIXEIRA, ANTONIO PERILO DE SOUSA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: TEIXEIRA, Antônio Perilo de Sousa
Nome Completo: TEIXEIRA, ANTONIO PERILO DE SOUSA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
TEIXEIRA, ANTÔNIO PERILO DE SOUSA

TEIXEIRA, Antônio Perilo de Sousa

*dep. fed. CE 1955-1959 e 1965.

 

Antônio Perilo de Sousa Teixeira nasceu em Itapipoca (CE) no dia 24 de maio de 1913, filho de Antônio Rodrigues Teixeira e Maria Amélia de Sousa Teixeira.

Iniciou os seus estudos em sua cidade natal, transferindo-se depois para Fortaleza, onde, no Colégio Joaquim Nogueira fez o curso ginasial.

Ingressou, em 1930, na Faculdade de Direito do Ceará. Secretário da Prefeitura de Aracati, em 1932, formou-se em advocacia em 1933, mesmo ano em que foi nomeado prefeito de Aracati. Permaneceu à frente da prefeitura até novembro desse ano, quando foi exonerado.

Exerceu a advocacia em Itapipoca, entre 1934 e 1935, ano em que foi nomeado consultor jurídico do Departamento dos Negócios Municipais. Em 1938, tornou-se auditor e procurador do estado do Ceará, função que exerceu até 1942. Chefe do Serviço de Encaminhamento dos Trabalhadores para o Amazonas, entre 1942 e 1946, dirigiu a Imprensa Oficial do Ceará entre 1946 e 1947.

Nas eleições de outubro de 1946, concorreu a uma vaga na Assembléia Legislativa do Ceará (Alce), pela legenda da União Democrática Nacional (UDN). Eleito, assumiu em fevereiro do ano seguinte. Reeleito no pleito seguinte, outubro de 1950, iniciou novo mandato em fevereiro de 1951. Como deputado estadual, no governo de Faustino de Albuquerque, foi líder da situação.

Em 1954, foi nomeado membro do Conselho de Assistência Técnica aos Municípios (CATM). No pleito de outubro do mesmo ano, elegeu-se deputado federal pelo Ceará pela legenda UDN, assumindo o mandato em fevereiro de 1955, após ter concluído seu mandato na Assembléia do Ceará. Nas eleições de outubro de 1958, candidatou-se novamente a uma vaga na Câmara dos Deputados, sempre pela legenda da UDN, mas obteve apenas uma suplência. Deixou a Câmara em janeiro de 1959, ao final da legislatura.

Chefe do gabinete do ministro interino da Saúde, Armando Falcão, entre janeiro e fevereiro de 1961, em outubro de 1962 tornou a disputar um mandato de deputado federal na legenda da coligação União pelo Ceará, composta pela UDN, o Partido Social Democrático (PSD) e o Partido Trabalhista Nacional (PTN). Obtendo apenas uma suplência, exerceu, nesse mesmo ano, a vice-presidência do Conselho de Assistência Técnica dos Municípios, e, em 1963, a presidência desse órgão. Ainda nesse ano, integrou o Conselho Rodoviário do Ceará e a da Sociedade Educadora Ruralista de Itapipoca, onde permaneceria até 1977. Assumiu uma cadeira na Câmara dos Deputados entre setembro a dezembro de 1965.

Faleceu no dia 13 de agosto de 1976, vítima de um desastre automobilístico, na BR-22, entre São Luís do Curu e Umirim (CE).

Era casado com Inês Zilda Teixeira, com quem teve 11 filhos. Uma de suas filhas casou-se com Murilo Arrais, filho de Miguel Arrais, governador de Pernambuco entre 1963 e 1964, 1987 e 1990 e 1995 e 1998, deputado federal por Pernambuco entre 1983 e 1987 e entre 1991 e 1995.

Publicou A dinâmica do direito (1937).

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1946-1967); CÂM. DEP. Relação dos dep.; INF. Brigite Teixeira; Memorial da Assembléia; TRIB. SUP. ELEIT. Dados (4 e 6).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados