TIRELLI, LUIS

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: TIRELLI, Luís
Nome Completo: TIRELLI, LUIS

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
TIRELLI, LUÍS

TIRELLI, Luís

*militar; rev. 1930; const. 1934; dep. fed. AM 1935-1937.

 

Luís Tirelli nasceu no Rio de Janeiro, então capital do Império, no dia 15 de agosto de 1883, filho de Rafael Tirelli e de Maria Ferreira Tirelli.

Estudou na Escola Naval do Rio de Janeiro, fazendo viagem de circunavegação no navio-escola Benjamim Constant.

Em 1912 organizou no Amazonas a primeira Federação Marítima do Brasil e nesse mesmo ano elegeu-se deputado estadual, mas renunciou antes de ter reconhecida sua eleição.

Partidário da Aliança Liberal (1929-1930), participou da Revolução de 1930 no Rio Grande do Norte como oficial do 29º Batalhão de Caçadores, exercendo até dezembro desse ano — por delegação do capitão Juarez Távora, comandante revolucionário no Norte — o comando da Escola de Aprendizes Marinheiros, em Natal. Transferindo-se para o Pará, filiou-se ao Clube 3 de Outubro, organização criada em maio de 1931 congregando as correntes tenentistas partidárias da manutenção e do aprofundamento das reformas instituídas pela Revolução de 1930. Em 1932 participou como assistente da flotilha do Amazonas da repressão a movimentos de apoio à Revolução Constitucionalista, deflagrada em São Paulo em julho desse mesmo ano e derrotada três meses depois.

Filiado ao Partido Trabalhista Amazonense, elegeu-se em maio de 1933 deputado à Assembléia Nacional Constituinte na legenda da Aliança Trabalhista Liberal do Amazonas, integrada também pelo Partido Liberal do Amazonas e pelo Partido Republicano do Amazonas. Empossado em novembro do mesmo ano, participou dos trabalhos constituintes apresentando, dentre outras, emenda relativa à nacionalização dos serviços de cabotagem. Após a promulgação da nova Carta (16/7/1934) e a eleição do presidente da República no dia seguinte, elegeu-se em outubro de 1934 deputado federal na legenda do Partido Popular do Amazonas, organizado pela aliança de elementos do Partido Socialista do Amazonas com membros do Partido Trabalhista do Amazonas. Iniciou o novo mandato na Câmara dos Deputados em maio de 1935 — data em que se encerrou o mandato obtido como constituinte e que fora estendido após os trabalhos da Assembléia Nacional —, exercendo-o até novembro de 1937 quando, com a implantação do Estado Novo, foram dissolvidos os órgãos legislativos do país.

Foi também jornalista, tendo fundado o Jornal dos Marítimos, e engenheiro técnico da The Texas Company. Foi ainda presidente de honra da Federação Trabalhista.

Faleceu no dia 13 de outubro de 1945.

Casou-se com Floripes de Freitas.

 

 

FONTES: ASSEMB. NAC. CONST. 1934. Anais (1); Boletim Min. Trab.; CÂM. DEP. Deputados; Câm. Dep. seus componentes; CONSULT. MAGALHÃES, B.; Diário do Congresso Nacional; FUND. GETULIO VARGAS. Cronologia da Assembléia; GODINHO, V. Constituintes.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados