VALMIR CARLOS BISPO SANTOS

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: SANTOS, Valmir
Nome Completo: VALMIR CARLOS BISPO SANTOS

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
Santos, Valmir

SANTOS, Valmir

*pres. UNE  1987-1988.

 

Valmir Carlos Bispo Santos nasceu em Belém (PA), no dia 20 de fevereiro de 1962, filho de Valdir Sérgio dos Santos e de Antônia Bispo Santos.

Realizou os primeiros estudos em sua cidade natal, no Colégio Marista Nossa Senhora de Nazaré.

Em 1979, entrou para a escola de medicina da Universidade Federal do Pará (UFPa). No ano seguinte, tornou-se educador do Centro Social Urbano da Marambaia, em Belém. Foi coordenador geral do diretório acadêmico da faculdade, entre 1982 e 1983, quando se transferiu para o curso de história, filiando-se, um ano depois, ao Partido dos Trabalhadores (PT), sendo eleito presidente diretório central dos estudantes da UFPa, com mandato de um ano. 

Integrante do diretório municipal do PT, em 1985 e 1986, trabalhou como educador de adultos vinculado ao Centro de Intercâmbio, Pesquisas e de Estudos Sócio-Econômicos (CIPES), em Belém. Ainda em 1986, elegeu-se presidente da União Acadêmica Paraense.

Assessor do PT na Câmara dos Vereadores, em 1987, participou do 38° congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE), realizado em Campinas (SP), ocasião em que foi eleito presidente da entidade, sucedendo a Gisela Mendonça,  na primeira vitória de uma chapa de oposição desde o Congresso de Reconstrução da UNE, em 1979. Durante a sua gestão realizaram-se o Encontro de Casas de Estudantes, em Pernambuco, e o Encontro sobre Memória do Movimento Estudantil, na Universidade Federal da Paraíba.

Em 1988, no 39° Congresso da UNE, realizado em São José dos Campos (SP), passou o cargo a Juliano Corbelini, também do PT.

De volta ao Pará, em 1989, assumiu a presidência do CIPES e concluiu o curso de licenciatura em história. No ano seguinte, mudou-se para São Paulo, atuando como coordenador do Fórum de Democratização das Escolas Municipais e assessor da Secretaria Municipal de Educação, na gestão da prefeita petista Luísa Erundina. Deixou a secretaria em 1991, por ter sido eleito membro da coordenação nacional de juventude do PT. Em 1992, trabalhou como coordenador de ensino de história das escolas municipais de Santos (SP) e professor de história da rede estadual de ensino de São Paulo. Em 1993, ingressou na rede municipal de ensino de Santos.

Interrompendo temporariamente suas atividades no magistério, em 1994 iniciou o mestrado em história na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), e trabalhou como historiador no Centro de Memória de Santos. Em 1995, foi contratado pela Prefeitura de Santos para trabalhar como historiador no projeto “Santos nos caminhos da memória” e para ministrar o curso “História dos movimentos sociais”.

Filiou-se à Associação Nacional dos Professores de História (ANPUH).   

 

Fontes: INF. BIOG.

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados