XAVIER, Eudes

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: XAVIER, Eudes
Nome Completo: XAVIER, Eudes

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
XAVIER, Eudes

XAVIER, Eudes

*dep. fed. CE 2007-2011, 2011-      

  

Antônio Eudes Xavier nasceu em Fortaleza , no dia 11 de setembro de 1964, filho de Dorgival Marques Xavier e de Raimunda Ferreira Xavier.

Comerciário, iniciou sua atividade politica na década de 1980, na Juventude Operária Católica (JOC), e atuou junto aos moradores da comunidade do Dendê, no Bairro Água Fria, de cuja associação de moradores foi diretor entre 1983 e 1985.

Em 1990, passou a trabalhar como secretário da Imprensa Sindical dos Comerciários de Fortaleza e em 1991 ingressou no Partido dos Trabalhadores (PT). Em 1994, no Sindicato dos Comerciários de Fortaleza, ocupou o cargo de secretário de formação sindical. No mesmo período ocupou também o cargo de secretário de formação sindical, na Central Única dos Trabalhadores (CUT) do Ceará.

Em 1995, foi Secretário de Finanças da Federação dos Trabalhadores no Comércio e Serviços do Estado do Ceará (FETRACE), permanecendo no cargo até 1998. Em 1997, assumiu a presidência estadual da CUT no Ceará,  função que exerceria até 2000. Em 1999 e em 2000, foi membro do Conselho Estadual do Trabalho do Ceará. A partir de 1999 e até 2006 também esteve ligado a organizações não governamentais, como membro de conselho do Instituto Florestan Fernandes, voltado para gestão pública, e do Instituto Terra Azul, de política ambiental.

Assumiu, em 2005, a coordenação do programa PROJOVEM, da prefeitura de Fortaleza, na gestão de Luiziane Lins (2005-2009), cargo que ocupou até 2006. No pleito desse ano, foi eleito Deputado Federal pelo Ceará, na legenda do PT, e, na nova legislatura, assumiu em 2007 a vice-liderança da bancada petista na Câmara dos Deputados, função que deixaria de exercer em 2008. Ainda em 2007, tornou-se membro do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores do Ceará.

Na Câmara dos Deputados integrou a Comissão Permanente de Trabalho, Administração e Serviço Público como terceiro-vice-presidente, e, como membro titular e suplente, participou também da Comissão Especial sobre a Jornada Máxima de Trabalho. Como parte de suas atividades parlamentares, votou pela aprovação do texto-base da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que prorrogou a cobrança da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) até 2011, conforme interessava ao governo federal. Aprovada pela maioria dos deputados, a proposta, no entanto, foi rejeitada no Senado e, consequentemente, extinta.

Foi reeleito em Outubro de 2010, com quase 100 mil votos, iniciando novo mandato em Fevereiro de 2011. No primeiro mês da nova legislatura, foi votada a política de valorização do salário mínimo até 2015, com um reajuste do salário mínimo de 510 reais para 545. Após a votação, foi publicamente contestado pela bancada governista por ter sido um dos petistas dissidentes que se posicionou contrário ao valor estipulado, tendo defendido a emenda da oposição, que propunha um salário mínimo de 560 reais. Ainda em 2011, assumiu a presidência da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Economia Solidária no Brasil.

Na mesma legislatura, posicionou-se favoravelmente, em 2013, à PEC que ampliou os direitos trabalhistas concedidos aos empregados domésticos, bem como à proposta de extinção do voto secreto em decisões do Congresso.

 

 

FONTES: Portal da Câmara dos Deputados. Disponível em: <http://www.camara.gov.br>. Acesso em 02/11/2009 e 26/06/2014; Portal Congresso em Foco. Disponível em: <http://www.congressoemfoco.uol.com.br>. Acesso em 22/08/2014; Portal G1 de Notícias. Disponível em: <http://g1.globo.com/index.html>. Acesso em 22/08/2014; Portal do PT na Câmara. Disponível em: <http://www.ptnacamara.org.br>. Acesso em 02/11/2009; Portal do PT-CE. Disponível em: <http://www.ptceara.org.br>. Acesso em 02/11/2009; Portal do Tribunal Superior Eleitoral. Disponível em: <http://www.tse.jus.br>. Acesso em 26/06/2014.

 

 

. 

 

 

 

 

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados