ZACHAROW, andré

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: ZACHAROW, andré
Nome Completo: ZACHAROW, andré

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
ZACHAROW, ANDRE

ZACHAROW, Andre

*dep. fed. PR 2003-2007, 2008-

 

Andre Zacharow nasceu em Jaguariaíva (PR) no dia 7 de julho de 1939, filho de Júlio Zacharow e de Altina Zacharow. Seu pai foi pastor e um dos fundadores da Igreja Batista da região de Jaguariaíva.

Começou a trabalhar ainda adolescente num cartório em Jaguariaíva, transferindo-se posteriormente para Curitiba a fim de cursar o ensino médio cidade onde se formou em ciências econômicas pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) em 1962 e, em 1964, em direito pela mesma universidade. Após formar-se fez concurso público para o Banco de Desenvolvimento do Paraná (Badep) passando a fazer parte dos quadros da instituição a partir de 1963 até sua extinção em 1987. Entre 1965 e 1974 foi chefe do departamento de operações industriais do Badep. Em 1967 Zacharow fez especialização no programa industrial no instituto latino-americano de planejamento econômico e social da Comissão para a América Latina (Cepal) no Rio de Janeiro e, no mesmo ano, fez especialização em técnico em instituições financeiras pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) também no Rio de Janeiro. Após retornar a Curitiba foi por mais de trinta anos professor de economia brasileira na UFPR e, após aposentar-se, professor de administração na Faculdade de Administração e Economia (FAE) na mesma cidade. Entre 1974 e 1979, Zacharow foi diretor técnico do Badep. No ano de 1979 foi diretor de Operações da Mecânica Brasileira S. A. (Embramec) em Rio de Janeiro, empresa subsidiária do BNDES criada em 1974 para atuar no mercado de capitais, permanecendo no cargo até 1979. Na década de 1980 Zacharow foi diretor vice-presidente do Badep entre 1981 e 1983 e membro da Comissão Consultiva Bancária do Conselho Monetário Nacional (CMN) de 1982 a 1983.

Iniciou suas atividades políticas em 1985, filiando-se ao Partido da Frente Liberal (PFL), partido político criado nesse mesmo ano. Nos anos seguintes, por indicação de Nei Braga, a quem era ligado politicamente, foi auditor-chefe da Itaipu Binacional de 1985 a 1991, superintendente de compras da hidroelétrica entre 1991 e 1993. Nesse período foi também diretor-superintendente da Fundação Itaipu de Previdência Social em Curitiba até o ano de 1994 e um dos responsáveis pela gestão do fundo de pensão dos funcionários da empresa.

Entre 1995 foi diretor-financeiro de Operações e de Planejamento do Banco Regional de Desenvolvimento (BRDE) em Curitiba e, no ano seguinte, foi diretor- superintendente do Instituto de Previdência do Paraná ocupando ambos os cargos durante o governo de Jaime Lerner no estado. Entre 1998 e 2001 ocupou a presidência da Companhia de Desenvolvimento de Curitiba (CIC), sociedade de economia mista municipal na gestão do prefeito Cassio Taniguchi (PFL). Em 1999 foi presidente do Conselho de Administração da Universidade do Esporte do Paraná e também vice-presidente do Movimento Pró-Paraná tornando-se no mesmo ano diretor da Associação das Empresas da Cidade Industrial de Curitiba. Em 2000 ocupou a presidência do Centro Internacional de Tecnologia de Software de Curitiba.

No pleito eleitoral de outubro de 2002, Zacharow foi eleito deputado federal na legenda do Partido Democrático Trabalhista (PDT) com 81.565 votos. Empossado no mandato em fevereiro do ano seguinte, nessa legislatura foi terceiro vice-presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional, membro da Comissão de Constituição e Justiça e de Redação, e suplente das comissões de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, e de Minas e Energia. No início de 2004 afastou-se do PDT por discordar da posição do partido de fazer oposição ao governo Lula e, entre 2004 e 2006, Zacharow trocou de partido três vezes, filiou-se inicialmente ao Partido Progressista (PP), transferindo-se em seguida para o Partido Socialista Brasileiro (PSB) e, a partir de 2005, ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) legenda em que permaneceu a partir de então.

Nas eleições de 2006, Zacharow tentou a reeleição no Congresso Nacional mas obteve apenas uma suplência. Em abril de 2008, o governador do Paraná, Roberto Requião, nomeou Zacharow assessor especial em Brasília para responder pelo escritório de representação do Paraná na capital federal. Em novembro desse mesmo ano, Zacharow assumiu uma vaga de deputado na Câmara dos Deputados em virtude do falecimento de Max Rosenmann (PMDB) sendo substituído na representação em Brasília pelo irmão do governador, Eduardo Requião.

Durante o restante da legislatura, integrou a comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional, de Seguridade Social e Família, e de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, além de ter sido presidente do grupo parlamentar Brasil-Ucrânia. Manifestou-se favorável à medida provisória (MP) parcelando por 20 anos as dívidas dos municípios com o INSS, e à exigência das propagandas eleitorais em jornais impressos mostrarem de forma visível o valor pago pela inserção, tendo ainda votado contra a MP autorizando o governo a usar recursos da dívida pública para injetar recursos no fundo soberano no Brasil, e do uso de outdoors nas campanhas eleitorais.

Ao longo de sua vida Zacharow teve uma intensa participação na comunidade religiosa evangélica, tendo sido presidente do Hospital e Faculdade Evangélica (SEB), presidente da Comissão de Construção da Primeira Igreja Batista de Curitiba, coordenador dos Movimentos “Curitiba para Cristo” e “Paraná para Cristo”, coordenador de Cruzadas Evangélicas Internacionais, fundador dos Gideões Internacionais em Curitiba, tendo sido ainda presidente da Sociedade Evangélica Beneficente de Curitiba (Seb), entidade mantenedora do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba da Faculdade Evangélica do Paraná e do Colégio Evangélico de Enfermagem.

Foi casado com Eunice Lukaszewski Zacharow com quem teve uma filha.

 

FONTES: http://www.andrezacharow.com/ (último acesso em 12/12/2009); http://www2.camara.gov.br/ (último acesso em 12/12/2009); http://www.tse.gov.br/ (último acesso em 12/12/2009); http://www.parana-online.com.br/ (último acesso em: 12/12/2009); http://www.folha.uol.com.br/ (último acesso em: 12/12/2009); http://www.vigilantesdademocracia.com.br/ (último acesso em: 14/12/2009); http://congressoemfoco.ig.com.br (último acesso em: 14/12/2009); http://www.congressoaberto.com.br (último acesso em: 14/12/2009); http://www.transparencia.org.br/index.html (último acesso em: 14/12/2009).

 

 

 

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados