MOVIMENTO JAN-JAN

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: MOVIMENTO JAN-JAN
Nome Completo: MOVIMENTO JAN-JAN

Tipo: TEMATICO


Texto Completo:
MOVIMENTO JAN-JAN

MOVIMENTO JAN-JAN

 

Movimento criado em 1959 durante a campanha para as eleições presidenciais de 1960 visando à combinação da candidatura de Jânio Quadros, lançada pela União Democrática Nacional (UDN) para a presidência da República, com a de João Goulart (Jango), lançada pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), para a vice-presidência.

Surgido, segundo alguns, de uma ala minoritária do PTB paranaense e imputado por setores udenistas e seguidores de João Goulart com o objetivo de esvaziar a candidatura de Mílton Campos, candidato da UDN à vice-presidência ao lado de Jânio Quadros, o movimento não chegou a adquirir caráter oficial, tendo mais aparecido como palavra de ordem durante a campanha eleitoral. É difícil avaliar seus efeitos nos resultados eleitorais de 1960. A vitória de Jânio Quadros mostrou a penetração do candidato no eleitorado petebista de diversos estados, enquanto a vitória de João Goulart ilustrou o contínuo crescimento do PTB em detrimento da UDN e do Partido Social Democrático (PSD). O movimento Jan-Jan, apesar de seus limites e caráter oficioso de bastidores, não deixou de apontar um caminho para o eleitorado. Jânio Quadros perdeu para Henrique Teixeira Lott, com reduzidas diferenças, nos estados do Amazonas, Maranhão, Piauí, Sergipe, Rio de Janeiro e Goiás, e João Goulart perdeu para Mílton Campos nos estados de Pernambuco, Minas Gerais, Guanabara e São Paulo, sendo que neste estado se efetivou a mais ampla vitória de Mílton Campos, talvez revelando os limites do movimento Jan-Jan.

Brás José de Araújo/Eli Pimentacolaboração especial

 

 

FONTES:

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados