PARTIDO REPUBLICANO SOCIAL DE PERNAMBUCO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: PARTIDO REPUBLICANO SOCIAL DE PERNAMBUCO
Nome Completo: PARTIDO REPUBLICANO SOCIAL DE PERNAMBUCO

Tipo: TEMATICO


Texto Completo:
PARTIDO REPUBLICANO SOCIAL DE PERNAMBUCO

PARTIDO REPUBLICANO SOCIAL DE PERNAMBUCO

 

Partido político pernambucano fundado em janeiro de 1933. Foi extinto pelo Decreto nº 37, de 2 de dezembro de 1937, logo após a instauração do Estado Novo.

Com raízes no antigo Partido Republicano de Pernambuco, o Partido Republicano Social organizou-se sob a liderança do ex-senador Arquimedes de Oliveira. Seu diretório central era integrado por Sebastião do Rego Barros (presidente), Antônio da Silva Souto Filho (vice-presidente), Genaro Guimarães (secretário), Costa Maia (segundo-secretário) e Antônio Vicente (tesoureiro).

Após a vitória da Revolução de 1930, os republicanos de Pernambuco viram o seu partido entrar em crise. A aproximação das eleições de maio de 1933 para a Assembléia Nacional Constituinte (ANC) apresentou-se como o momento propício para sua reorganização. Formado o Partido Republicano Social, vários candidatos à ANC foram lançados em oposição ao Partido Social Democrático, criado pelo interventor Carlos de Lima Cavalcanti. No entanto, o único candidato eleito pelos republicanos foi Antônio da Silva Souto Filho.

Em 1937, os republicanos aderiram ao governo de Getúlio Vargas e apoiaram a candidatura de José Américo de Almeida à sucessão presidencial.

 

 

FONTES: Diário de Notícias, Rio (20/6/37); Jornal do Comércio (3/2 e 6/4/33).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados