PARTIDO REPUBLICANO TRABALHISTA (PRT)

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: PARTIDO REPUBLICANO TRABALHISTA (PRT)
Nome Completo: PARTIDO REPUBLICANO TRABALHISTA (PRT)

Tipo: TEMATICO


Texto Completo:
PARTIDO REPUBLICANO TRABALHISTA (PRT)

PARTIDO REPUBLICANO TRABALHISTA (PRT)

 

Partido político de âmbito nacional criado em 1948 para suceder ao Partido Republicano Democrático (PRD). Foi extinto em 1958, quando seus membros fundaram o Partido Rural Trabalhista (PRT).

Resultante de uma reformulação do PRD, que se encontrava enfraquecido após sucessivos fracassos eleitorais, o PRT foi organizado sob a liderança de Guaraci da Silveira, deputado por São Paulo e pastor metodista. Manteve-se ligado a grupos protestantes, tendo como figura de maior destaque no Rio de Janeiro, então Distrito Federal, o também pastor José de Sousa Marques.

Sem ter um perfil ideológico claramente delineado, o PRT serviu de início como uma legenda para candidatos sem suporte partidário. Nessa situação encontravam-se principalmente os comunistas, cujo partido, o Partido Comunista Brasileiro, então Partido Comunista do Brasil (PCB), havia tido seu registro cancelado em maio de 1947. Em troca dessas concessões o PRT obtinha vantagens financeiras e, elegendo representantes, garantia a manutenção de seu registro, além de ter viabilizada a eleição de candidatos próprios através da sobra de votos. Assim, nas eleições de 1950, entre os inúmeros candidatos lançados na legenda do PRT, foram eleitos Roberto Morena para a Câmara Federal e Aristides Saldanha, Mílton José Lobato e Antenor Marques para a Assembléia do Distrito Federal. Estes últimos, no exercício do mandato, revezaram com os suplentes Eliseu Alves de Oliveira e Henrique Miranda.

Apoiando o segundo governo Vargas (1951- 1954) e mostrando-se simpático ao trabalhismo, em meados de 1954 o PRT abriu suas portas ao político paulista Hugo Borghi, que deixava o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). O fortalecimento trazido com a entrada de Borghi dispensou o partido, nas eleições de outubro de 1954, de negociar sua legenda com candidatos de esquerda.

Borghi foi de fato eleito deputado federal por São Paulo na legenda do PRT e nos anos seguintes passou a controlar o partido, apoiando o governo de Juscelino Kubitschek iniciado em 1956.

Em 1958, Hugo Borghi transformou seu partido no Partido Rural Trabalhista.

 

 

FONTES: CARMO, J. Diretrizes; ENTREV. BORGHI, H.; ENTREV. MIRANDA, H.; ENTREV. SAMPAIO, J.; PETERSON, P. Brazilian.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados