PARTIDO SOCIALISTA DO MARANHAO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: PARTIDO SOCIALISTA DO MARANHÃO
Nome Completo: PARTIDO SOCIALISTA DO MARANHAO

Tipo: TEMATICO


Texto Completo:
PARTIDO SOCIALISTA DO MARANHÃO

PARTIDO SOCIALISTA DO MARANHÃO

 

Partido político maranhense fundado em 1933, filiado ao Partido Socialista Brasileiro e à União Cívica Nacional. Foi extinto junto com os demais partidos políticos pelo Decreto nº 37, de 2 de dezembro de 1937, após a instalação do Estado Novo.

Seu diretório central era composto por Tarquínio Lopes Filho (presidente), Rodrigo Otávio Teixeira (vice-presidente), Benedito de Barros e Vasconcelos, Luís Eduardo Pires, Euclides Maranhão, João Marcelino Silveira Teixeira, José Alexandre da Silva Oliveira, Moisés Tajra, Herculano Anfilóquio Parga, José Álvares Mendes, Antônio Carlos Teixeira Leite e José Cavalcanti Fernandes.

Os principais pontos do seu programa defendiam: a integração da política maranhense na política nacional; soluções orçamentárias modestas, apropriadas às necessidades gradativas do estado; um regime tributário módico e compatível com as circunstâncias econômicas do estado, sem entravar a expansão da cultura da terra e da atividade dos contribuintes; medidas de proteção ao trabalho, sobretudo nas zonas rurais; o restabelecimento do crédito interno e externo do estado para possibilitar o pagamento regular e equitativo das dívidas externas, dos juros das apólices e da dívida flutuante; uma polícia adestrada no conhecimento, na defesa e na segurança dos direitos dos cidadãos, com responsabilidades definidas em regime rigoroso; uma justiça fácil e selecionada com amplas garantias às partes litigantes; um funcionalismo eficaz fiscalizado, e a autonomia municipal com amplas e exatas garantias contra o desbarato da aplicação das rendas municipais, o abuso das autoridades locais e a desigualdade de tratamento aos municípios pela administração do estado. O partido pretendia ainda que se facilitasse às corporações de classe o desenvolvimento de sua ação coletiva e se incrementasse o comércio.

Nas eleições estaduais de 14 de outubro de 1934, o PSM elegeu um deputado estadual, que posteriormente apoiou o Partido Social Democrático (PSD) na Assembléia Constituinte estadual. Essa assembléia tinha poderes para eleger o governador do estado e dois senadores. O candidato do PSD ao governo era Tasso de Miranda, que perdeu as eleições para Aquiles Lisboa, candidato das Oposições Coligadas do Maranhão.

Em 25 de maio de 1937, na convenção de lançamento da candidatura oficial de José Américo de Almeida à presidência da República, o partido esteve representado por Tarquínio Lopes Filho.

Regina Bressane

 

 

FONTES: Correio da Manhã (17/2 e 27/4/33); Diário de Notícias, Rio (11/5/35); Diário Oficial, MA (16/2/33); Jornal do Brasil (9/3/33).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados