PARTIDO TRABALHISTA MINEIRO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: PARTIDO TRABALHISTA MINEIRO
Nome Completo: PARTIDO TRABALHISTA MINEIRO

Tipo: TEMATICO


Texto Completo:
PARTIDO TRABALHISTA MINEIRO

PARTIDO TRABALHISTA MINEIRO

 

Partido político mineiro fundado em março de 1933 para concorrer às eleições para a Assembléia Nacional Constituinte. Com sede em Belo Horizonte, tinha por objetivo expresso arregimentar as classes trabalhadoras, pugnando por sua participação na administração do país e pela constituição de um partido trabalhista brasileiro.

O conselho diretor provisório da agremiação foi formado por Paulo Baeta Neves (presidente), e 12 líderes, entre os quais Francisco Souto Maior, Egídio Baeta Neves, Ângelo Torres, Luís José de Medeiros Silva e José Augusto de Faria. Ficou estabelecido que o presidente do partido não seria eleito, e sim sorteado por um período de três meses entre os membros do conselho diretor, dentro de um sistema de rodízio completo. O presidente era considerado não propriamente como um chefe partidário, e sim como um coordenador das atividades, de acordo com o lema “Não admitimos chefes na ordem das idéias”.

Um ponto destacado nas propostas políticas do partido era a luta contra as organizações fascistas.

Em 9 de abril de 1933, o Partido Trabalhista Mineiro promoveu um congresso proletário em Belo Horizonte, durante o qual foram escolhidos três candidatos trabalhadores à Constituinte: Colativo Teixeira Reis, empregado no comércio, Artur Barbosa Martins Torres, empregado do Banco do Comércio e Indústria de Minas Gerais, e Clarindo Seabra, tecelão. A esses três juntaram-se mais dois candidatos indicados pelo partido: seu então presidente, Paulo Baeta Neves, e Luís de Medeiros Silva. Nenhum dos trabalhistas mineiros foi eleito.

 

 

FONTES: CARONE, E. República nova; Diário da Noite, Recife (22/4/33); Jornal do Comércio (5/4/33); Minas Gerais (28/3/33).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados