Átila Soares

Entrevista

Átila Soares

Entrevista realizada no contexto da pesquisa "Trajetória e Desempenho das Elites Políticas Brasilieras", parte integrante do projeto institucional Programa de História Oral do CPDOC, em vigência desde sua criação, em 1975. Ela se insere no conjunto de depoimentos sobre a história política da cidade e do estado do Rio de Janeiro, sob a responsabilidade dos entrevistadores e Mario Grynzspan e Marly Motta. A escolha do entrevistado justificou-se pelo fato de ter sido da UDN, vereador (1954-60) e deputado estadual e federal, pelo antigo estado da Guanabara. Alguns trechos da entrevista podem ser encontrados no livro RIO DE JANEIRO: uma cidade na história/ coordenadora: Marieta Moraes Ferreira. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2000. 192 p. e está disponível para download em: clique aqui
Forma de Consulta:
Entrevista em áudio disponível na Sala de Consulta do CPDOC.

Código: E179

Tipo de entrevista: História de vida
Entrevistador(es):
Marieta de Moraes Ferreira
Carlos Eduardo Barbosa Sarmento
Data: 20/1/1993 a 7/5/1993
Local(ais):
Nova Friburgo ; RJ ; Brasil

Duração: 5h30min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Átila Soares
Formação: Escola Naval do Rio de Janeiro.
Atividade: Vereador na Câmara Municipal do DF (1934 - 1935).

Equipe

Levantamento de dados: Marieta de Moraes Ferreira;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Marieta de Moraes Ferreira;

Transcrição: Lia Carneiro da Cunha;

Técnico Gravação: Clodomir Oliveira Gomes;

Sumário: Nara Maria Carlos Santana;

Temas

Aliança Nacional Libertadora (1935);
Anísio Teixeira;
Atila Soares;
Augusto do Amaral Peixoto;
Autonomia do Distrito Federal;
Câmara Municipal;
Comunismo;
Estado Novo (1937-1945);
Formação profissional;
Governo municipal;
Integralismo;
Jones Rocha;
Liga Eleitoral Católica (1932);
Marinha;
Militares;
Militares e estado;
Oswaldo Aranha;
Partido Autonomista do Distrito Federal;
Partido Social Democrático - PSD;
Pedro Ernesto;
Política;
República Velha (1889-1930);
Revolta de 1922, RJ;
Revolução de 1930;
Rio de Janeiro (DF);
Tenentismo;

Sumário

1ª Entrevista: 20.01.1993
Fita 1-A: Perfil dos pais e seus antepassados, de tradicional família de militares do período imperial; recordações da infância e do clima político em Guaratinguetá, sua cidade natal, onde seu pai exercia tenaz oposição aos chefes oligarcas da família de Rodrigues Alves; formação escolar no Colégio Salesiano de Lorena; influência familiar no encaminhamento para a Escola Naval-RJ; observações sobre o movimento de 1922; posicionamento com relação à candidatura Nilo Peçanha; o ideário tenentista: esclarecimento do povo e o direito deste à atividade política através do voto; o trabalho de politização dos jovens militares; a importância do Correio da Manhã.

Fita 1-B: O movimento de 1922 e a conscientização política das Forças Armadas; comentários sobre o levante de 1924; prisão em 1926; campanha e eleição de Isaias de Noronha para a presidência do Clube Naval em maio de 1930; participação na Revolução de 1930; observações sobre Osvaldo Aranha e os revolucionários de 1930.

Fita 2-A: Casamento em 1928 e vida familiar no período revolucionário; participação no Clube 3 de Outubro; graduação em Engenharia Civil em 1930 e entrada no Arsenal de Marinha; participação nas tropas legalistas na Revolução Constitucionalista de 1932; candidatura à Constituinte de 1933; Partido Autonomista do Distrito federal e convite para ingressar na nova agremiação política; convite recusado para ingressar na Aliança Libertadora (ANL); fundação do Diretório Autonomista da Lagoa; eleição para a Câmara Municipal do D.F. em 1934; participação de Pedro Ernesto nos movimentos tenentistas e na política carioca.

Fita 2-B: Ruptura com Pedro Ernesto; hegemonia do Partido Autonomista na política carioca; governo Pedro Ernesto; criação de um partido trabalhista por Pedro Ernesto; envolvimento de Pedro Ernesto com a ANL e sua prisão em 1936; a administração Olímpio de Melo; observações sobre a carreira política de Pedro Ernesto.


2ª Entrevista: 16.04.1993
Fita 3-A: Influência do movimento de 1922 em sua formação política; participação na Revolução de 1930 no D.F.; cisão no Clube Naval; Revolução Constitucionalista de 1932; eleição para a Constituinte de 1933 e sua candidatura como avulso; discordâncias com Pedro Ernesto; comentários sobre Jones Rocha.

Fita 3-B: Jones Rocha e Pedro Ernesto; carisma de Pedro Ernesto no Rio de Janeiro; ruptura com Pedro Ernesto; Pedro Ernesto e os comunistas; Anísio Teixeira na administração carioca; candidato derrotado à Constituinte de 1933; convite para organizar o Diretório Autonomista da Lagoa; descrença no Partido Autonomista; orientação católica e apoio da LEC à sua candidatura em 1933.

Fita 4-A: Participação no Centro Dom Vital; relações com Augusto do Amaral Peixoto e convite para ingressar no PADF; Diretório Autonomista da Lagoa; considerações sobre a política na Velha República; campanha eleitoral de 1934 e apoio do Jornal do Brasil; atuação do conde Pereira Carneiro no Partido Autonomista; apoio à política assistencialista de Pedro Ernesto; Partido Autonomista e Partido Democrático Economista.

Fita 4-B: Grupo de pressão na Câmara Municipal do D.F.; Luís Aranha na política carioca; candidaturas para o pleito de 1934; candidatura Pedro Ernesto; diversas facções do Partido Autonomista do D.F. na Câmara Municipal; a questão da Lei n* 8 em prol do ensino religioso; a questão da autonomia no D.F.; aspirações políticas de Pedro Ernesto e suas ligações com a esquerda; considerações sobre o padre Olímpio de Melo e sua atuação na prefeitura após a prisão de Pedro Ernesto; fim da UDF e da União Trabalhista.


3ª Entrevista: 07.05.1993
Fita 5-A: Prisão de Pedro Ernesto e cisão do Partido Autonomista; relações do prefeito Olímpio de Melo com a Câmara; perfil da Câmara Municipal do D.F.; alterações nas diretrizes da política educacional após a saída de Anísio Teixeira; a crise político-administrativa do governo Olímpio de Melo.

Fita 5-B: A articulação para a substituição de Olímpio de Melo por Henrique Dodsworth; a posição da Câmara Municipal frente à intervenção federal e o fim da autonomia do D.F.; o apoio popular a Pedro Ernesto; as relações de Dodsworth com o Clube de Engenharia e a Associação Comercial; a atuação na secretaria de Interior e Segurança do D.F. durante a administração Henrique Dodsworth.

Fita 6-A: Participação na campanha de José Américo de Almeida; acontecimentos relacionados à liberação de Pedro Ernesto; participação no combate ao levante integralista; indicação para o Tribunal de Contas; o caminho para o golpe do Estado Novo; participação na organização do PSD; considerações finais.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados