João Damasceno Batista Coelho

Entrevista

João Damasceno Batista Coelho

Entrevista realizada no contexto do projeto "Velhos Militantes", em vigência entre os anos de 1983 e 1986, sendo parte integrante do livro "VELHOS militantes: depoimentos de Elvira Boni, João Lopes, Eduardo Xavier, Hilcar Leite" / Coordenadora Ângela de Castro Gomes; Dora Rocha e Eduardo Stotz. Rio de Janeiro: Zahar, 1988. Esta entrevista não compõe o livro citado anteriormente. O entrevistado foi simpatizante do movimento integralista nos anos 1930.
Forma de Consulta:
Entrevista datilografada disponível na Sala de Consulta do CPDOC.

Tipo de entrevista: História de vida
Entrevistador(es):
Angela Maria de Castro Gomes
Data: 7/7/1983 a 13/9/1983
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 6h0min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: João Damasceno Baptista Coelho
Formação:
Atividade: Simpatizante do Movimento Integralista dos Anos 30,

Equipe

Levantamento de dados: Angela Maria de Castro Gomes;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Angela Maria de Castro Gomes;

Conferência da transcrição: Angela Maria de Castro Gomes;

Copidesque: Angela Maria de Castro Gomes;Alexandra de Mello e Silva;

Técnico Gravação: Clodomir Oliveira Gomes;

Sumário: Ignez Cordeiro de Farias;

Temas

Aliança Nacional Libertadora (1935);
Anarquismo;
Classe operária;
Comunismo;
Getúlio Vargas;
João Damasceno Batista Coelho;
Revolução de 1930;
Sindicalismo;
Sindicatos de trabalhadores;

Sumário

1a entrevista: local e data de nascimento (1896); família e infância; considerações sobre os pais e a Monarquia; formação escolar e religiosa; instrução militar; primeiro trabalho como aprendiz de tipografia da Liga Marítima Brasileira; descrição do trabalho em tipografias.......................................................1 a 27

2a entrevista: descrição das condições de trabalho nas tipografias; saída da tipografia e trabalho como acólito na Catedral; volta à tipografia, no jornal A Imprensa, de Alcindo Guanabara, que transformou-se em Livraria Francisco Alves; considerações sobre a modernização das tipografias; trabalhando na Revista do Supremo Tribunal e na revista O Cruzeiro; presença de estrangeiros no meio dos gráficos no Rio de Janeiro; comentários sobre os salários dos gráficos.....................................................................................................................................................27 a 51

3a entrevista: criação da Associação Gráfica do Rio de Janeiro (1915); considerações sobre o programa da Associação; repressão aos movimentos dos gráficos; comentários sobre o anarquismo; primeiros contatos com o comunismo (década de 1920); criação da União dos Trabalhadores Gráficos do Rio de Janeiro e sua transformação em União dos Trabalhadores do Livro e do Jornal (UTLJ); considerações sobre a Revolução de 1930 e sobre Getúlio Vargas.......................................................................................................................................................51 a 79

4a entrevista: formação da UTLJ; interferência do governo nos sindicatos; greve de protesto contra o fechamento da Aliança Nacional Libertadora, ANL, em 1935...........................................................79 a 86

5a entrevista: greve de protesto contra o fechamento da ALN; criação do Instituto de Aposentadoria e Pensões de gráficos e outras profissões; disputa entre comunistas e integralistas nos sindicatos; suspensão dos direitos sindicais do entrevistado; Getulio Vargas, sindicatos, trabalhadores e as comemorações de 1o de maio; doença em conseqüência do trabalho como gráfico; considerações sobre Getulio Vargas.............................................................................................................................86 a 103
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados