José de Segadas Viana I

Entrevista

José de Segadas Viana I

Entrevista realizada no contexto da pesquisa "Trajetória e desempenho das elites políticas brasileiras", parte integrante do projeto institucional do Programa de História Oral do CPDOC, em vigência desde a sua criação em 1975. Trechos da entrevista foram publicados no livro GETÚLIO: uma história oral. / Valentina da Rocha Lima (Coordenação) ; Dora Rocha...[et al]. Rio de Janeiro: Record, 1986. 321. il. A entrevista também foi utilizada no livro Jango: as múltiplas faces/ Angela de Castro Gomes, Jorge Ferreira. - Rio de Janeiro: Editora FGV, 2007. 272p.:il. A escolha do entrevistado se justificou por sua trajetória política.
Forma de Consulta:
Entrevista datilografada disponível na Sala de Consulta do CPDOC.

Tipo de entrevista: História de vida
Entrevistador(es):
Angela Maria de Castro Gomes
Valentina da Rocha Lima
Plínio de Abreu Ramos
Data: 8/6/1983 a 6/10/1983
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 13h10min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: José de Segadas Vianna
Nascimento: 1/7/1906; Rio de Janeiro; RJ; Brasil;

Falecimento: 17/10/1991; Rio de Janeiro; RJ; Brasil;

Formação: Faculdade de Direito do Rio de Janeiro.
Atividade: Deputado constituinte (1946); deputado federal DF (1946-1951); ministro do Trabalho (1951-1953); deputado federal DF (1955 e 1956-1958).

Equipe

Levantamento de dados: Angela Maria de Castro Gomes;Plínio de Abreu Ramos;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Angela Maria de Castro Gomes;Plínio de Abreu Ramos;

Conferência da transcrição: Plínio de Abreu Ramos;

Copidesque: Dora Rocha;

Técnico Gravação: Clodomir Oliveira Gomes;

Sumário: Heloísa Fesch Menandro;

Temas

Alexandre Marcondes Filho;
Aliança Liberal (1929);
Assis Chateaubriand;
Constituição federal (1934);
Getúlio Vargas;
Getulismo;
Golpe de 1964;
José de Segadas Viana;
Juscelino Kubitschek;
Minas Gerais;
Ministério do Trabalho;
Partido Republicano Mineiro - PRM;
Partido Trabalhista Brasileiro - PTB;
Política estadual;
Política nacional;
Previdência social;
Queremismo (1945);
Revolução de 1930;
Sindicalismo;
Sindicatos de trabalhadores;
Tenentismo;
Trabalhismo;

Sumário

1a Entrevista: Origens; ambiente familiar; o primeiro emprego; a vocação para a carreira jurídica; a formação escolar; os irmãos; o avô materno; considerações sobre o tenentismo; o socialismo nos meios estudantis na década de 20; os estudantes e o Rio de Janeiro na década de 20; os estudantes e o governo Bernardes; a campanha da Aliança Liberal; a mudança para Minas Gerais e o contato com Antônio Carlos; a Revolução de 30 em Minas e o Batalhão João Pessoa; participação da Revolução Constitucionalista de 32; o contato com Artur Bernardes; a filiação ao PRM; a carreira jornalística e as relações com Assis Chateaubriand; a Constituinte de 34.

2a entrevista: a mudança para Minas e contato com Antônio Carlos; a Revolução de 30 em Minas e o Batalhão João Pessoa; a campanha da Aliança Liberal; considerações sobre Getulio Vargas; a experiência da prisão em 32; o PRM e as eleições de 1933; a entrada nos Diários Associados pela mãos de Austregésilo de Athayde; o contato com Assis Chateaubriand; Chateaubriand e Getulio; o jornalismo na década de 30; a nomeação para a Procuradoria da Justiça do Trabalho; a ANL e o movimento integralista; a censura à imprensa; a Liga Eleitoral Católica; o ministério Valdemar Falcão e o movimento católico; as candidaturas Armando Sales e José Américo; o Golpe de 37; nomeações para a Procuradoria da Previdência Social; viagem a Roma em 1940; Chateaubriand e a nomeação de Marcondes Filho para o Ministério do Trabalho em 1942; o projeto da CLT; a Igreja e o sindicalismo; os círculos dos operários católicos; o peleguismo e o movimento sindical; o Ministério do Trabalho na gestão Marcondes Filho (1942/45); S. Viana, os Centros Trabalhistas e a gênese do PTB; as eleições de 1945; o queremismo e as candidaturas Dutra e Eduardo Gomes.

3a Entrevista: a atuação de Segadas no Ministério Marcondes Filho; assistente técnico; membro da comissão da CLT; a chefia do DOAS; a chefia do DNT; Marcondes Filho no Ministério da Justiça; Segadas e a criação do PTB; o Ministério do Trabalho e a sustentação política a Getulio; trabalhismo e getulismo; o Ministério do Trabalho e o movimento queremista; os trabalhistas e o apoio a Dutra; a Constituinte com Getulio; Segadas na Comissão do Imposto Sindical e na CTOS; o Boletim do Trabalhador; as palestras radiofônicas de Marcondes Filho; o Ministério do Trabalho e o DIP; as relações entre o Ministério do Trabalho e a Igreja na gestão Marcondes Filho; o Ministério do Trabalho e a propaganda de Getulio; Getulio e os trabalhadores: as manifestações do 1o de maio; o empresariado frente ao Ministério do Trabalho e a legislação trabalhista.

4a Entrevista: a Comissão de Enquadramento Sindical; a questão da unidade sindical; a relação entre Marcondes Filho e os sindicatos; a sindicalização rural; a "Marcha para oeste" e a questão das fronteiras; Segadas, a criação dos Centros Trabalhistas de Estudos Políticos e as origens do PTB; o golpe de outubro de 45; Marcondes Filho e o PTB; o PTB e a candidatura Dutra; o Partido Comunista e o queremismo; o PTB e o queremismo; o PTB na cassação do Partido Comunista; a questão da "república sindicalista"; relações entre Getulio e o PTB; a ação do Ministério do Trabalho na gestão Segadas Viana; o SAPS: a Comissão Central de Preços; SESC; SEST; SENAC; a previdência social; o problema da habitação; a experiência na OIT; o PTB e os sindicatos; a Revista do Trabalho, o Boletim do Ministério do Trabalho e o Observador Econômico e Financeiro.

5a Entrevista: Osvaldo Aranha e a criação do PTB; Getulio, o PTB e a candidatura Dutra; a atuação de Hugo Borghi no PTB; as Forças Armadas e a sucessão de 45; o PTB e a a Constituinte de 46; Getulio e as eleições estaduais de 1947; Dutra e a questão sindical; o PTB e seu programa; o PTB e a política de Dutra em relação aos sindicatos; relações entre o PTB e o PC; formação do PTN e do PST; balanço da evolução do PTB de 45 a 50; a articulação da candidatura Vargas em 1950; a composição do ministério no 2o governo Vargas; a demissão de Danton Coelho e a nomeação de Segadas Viana para o Ministério do Trabalho; Danton Coelho e o PTB de São Paulo; a gestão Segadas Viana no Ministério do Trabalho; as relações entre Ministério do Trabalho e os sindicatos num regime democrático; a greve dos 300 mil; a greve dos marítimos; a saída do Ministério e a nomeação de Jango; a sobrevivência dos pelegos no movimento sindical; a crise do 2o governo e o suicídio de Vargas; a candidatura de Juscelino e Jango; a gestão de Segadas Viana no Ministério do Trabalho com Mazilli; Segadas na Secretaria do Interior e Segurança do Governo Lacerda; a queda de Jango e o Golpe de 64.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados