Liberato Pereira da Costa Júnior

Entrevista

Liberato Pereira da Costa Júnior

Entrevista realizada no contexto do projeto "Memória Viva" na vigência do contrato entre o CPDOC/FGV e a Assembléia Legislativa do Estado de Pernambuco, entre março de 2005 e 2007. O projeto visa à criação do Núcleo de Memória Pernambucana (NUPEME), que compreende a montagem de um banco de entrevistas sobre a história política contemporânea de Pernambuco com políticos pernambucanos de expressão regional e/ou nacional que atuaram ou atuam no Poder Legislativo. O material produzido foi editado, dando origem ao livro PROJETO memória Viva: 14 depoimentos sobre a política pernambucana / Organizadoras Celia Costa e Dulce Pandolfi. Recife: Assembléia Legislativa do Estado de Pernambuco, 2007. 2v. il. A escolha do entrevistado se justificou por ser uma liderança política bastante conhecida no cenário político de Pernambuco, tendo assumido a Prefeitura de Recife, em 1963, por ocasião da desincompatibilização de Miguel Arraes. A entrevista ocorreu no gabinete do entrevistado, na Câmara de Vereadores de Recife.
Forma de Consulta:
Entrevista publicada em livro.
Referência completa: PROJETO memória Viva: 14 depoimentos sobre a política pernambucana / Organizadoras Celia Costa e Dulce Pandolfi. Recife: Assembléia Legislativa do Estado de Pernambuco, 2007. 2v. il.

Tipo de entrevista: História de vida
Entrevistador(es):
Célia Maria Leite Costa
Dulce Chaves Pandolfi
Data: 10/7/2006
Local(ais):
Recife ; PE ; Brasil

Duração: 4h0min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Liberato Pereira da Costa Júnior
Nascimento: 11/4/1918; Recife; PE; Brasil;

Formação: Secundário completo.
Atividade: Vereador pela UDN ( 1955-1959); vereador pelo PST (1959-1963); prefeito de Recife (FEV./DEZ. 1963); presidente da Câmara (1963-1964); deputado estadual pelo MDB ( 1967-1969); vereador pelo PMDB (1982 - ).

Equipe

Levantamento de dados: Célia Maria Leite Costa;Dulce Chaves Pandolfi;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Célia Maria Leite Costa;Dulce Chaves Pandolfi;

Transcrição: Lia Carneiro da Cunha;

Conferência da transcrição: Célia Maria Leite Costa;Lara de Melo dos Santos;

Técnico Gravação: Marco Dreer Buarque;

Temas

Cassações;
Eleições estaduais;
Eleições municipais;
Golpe de 1964;
Jarbas Vasconcelos;
Miguel Arraes;
Movimento de Cultura Popular (1960 - 1964);
Movimento Democrático Brasileiro;
Partidos políticos;
Pelópidas da Silveira;
Pernambuco;
União Democrática Nacional;

Sumário

Entrevista: 10/07/2006

Fita 1-A: A família; seus primeiros estudos em Olinda; primeiros empregos; período no Ginásio Pernambucano, onde começou seu interesse pela política, no Recife: seus professores e colegas; "matava aula" para assistir os debates na Assembléia Legislativa (1932-1935); o Levante Comunista de 1935 em Pernambuco; período do trabalho na Biblioteca da 7ª. Região Militar; o Café Lafayette - lugar tradicionalmente freqüentado por políticos, artistas e intelectuais; o Bar Lero-Lero freqüentado por jornalistas ................................................................................................................. p.1-6.

Fita 1-B: Vida social no Recife na década de 1950; mudança, com as duas irmãs, para o bairro do Hipódromo; companhias e peças de teatro em excursão por Pernambuco; paixão pela história de Recife; ocupação e "capitulação holandesa" (Restauração pernambucana) (1630-1654); eleições municipais de 1951; participação na redemocratização de 1945 e posição nas eleições de 1946; um dos fundadores do Diretório da UDN (União Democrática Nacional) na Torre (1955); eleições estaduais em 1954 ....................................................................................................... p. 6-11.

Fita 2-A: Eleições estaduais de 1954; eleições para a Prefeitura do Recife em 1955; sua eleição para vereador (1955), candidatura e administração de Pelópidas da Silveira no Recife (1955-1959); Frei Caneca e a Revolução pernambucana de 1817; eleições municipais no Recife (1959): sua ruptura com a UDN e ingresso no PST, pelo qual se elege vereador; relações, enquanto vereador, com Miguel Arrais, no governo do estado; Prefeitura de Miguel Arrais no Recife (1959-1963); o entrevistado na Prefeitura do Recife ..................................................................................11-16.

Fita 2-B: O Movimento de Cultura Popular (MCP) durante o governo de Miguel Arrais no Recife (1963-1964); implantação dos ônibus elétricos em Recife durante o governo de Pelópidas da Silveira, na Prefeitura (1955-1959; 1963-1964); momentos importantes da história do Recife no século XIX; assume a prefeitura do Recife (fev/dez.1963); avaliação do primeiro governo de Miguel Arrais no estado (1963-1964); o entrevistado como vereador e presidente da Câmara dos vereadores no momento do golpe militar (1964); afastamento de Pelópidas da Silveira da Prefeitura do Recife pelo governo militar (1964) ........................................................................................... p. 16-22.

Fita 3-A: Repercussão, na Câmara dos vereadores, do afastamento de Pelópidas das Silveira da Prefeitura do Recife; ocupação da Câmara pelos militares; Augusto Lucena assume a Prefeitura do Recife (1964); a Câmara dos vereadores depois do golpe militar; prisão do entrevistado pelo regime militar; o golpe militar; vereadores de oposição ao regime militar na Câmara; fundação, fundadores e membros do MDB (1966); cassação do entrevistado e outros membros do MDB (1968); atuação política no período da clandestinidade; suas referências políticas no MDB; atividades profissionais após a cassação política ............................................................................................. p. 22-29

Fita 3-B: Eleições estaduais de 1982; lei, de autoria do entrevistado, que institui o ensino da disciplina de História de Recife; atuação enquanto presidente da Câmara dos vereadores (1983-1986); relações com Joaquim Francisco, prefeito do Recife (1983-86); opinião sobre a Câmara dos vereadores, leis em vigor e o Poder Legislativo; defesa da necessidade de uma reforma política; defesa do municipalismo; fidelidade partidária; o PMDB atualmente; ruptura de Jarbas Vasconcelos com o PMDB .............................................................................................................. p. 29-35.

Fita 4-A: Opinião sobre a administração do prefeito João Paulo e sua relação com a Câmara dos vereadores; leis e trabalho dos parlamentares; cargos já ocupados na Câmara dos vereadores; opinião sobre os diversos prefeitos do Recife; opinião sobre a política nacional recente e o governo Lula; opinião sobre atual política pernambucana e Jarbas Vasconcelos; sua história política ................................................................................................................................. p. 35-41.

Fita 4-B: Integração do território de Fernando de Noronha ao Recife; o casamento e vida familiar; localização do seu eleitorado no Recife; Brasília Teimosa; a lei do PREZEIS (Plano de Regularização das Zonas Especiais de Interesse Social); opinião sobre o Projeto "Memória Viva da Assembléia Legislativa" ............................................................................................... p. 41-44.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados