Mariza Gomes e Souza Peirano II

Entrevista

Mariza Gomes e Souza Peirano II

Entrevista realizada no contexto do projeto “Cientistas sociais de países de Língua Portuguesa: histórias de vida”, com financiamento do Programa de Cooperação em matéria de Ciências Sociais para os países da comunidade de Língua Portuguesa (Programa Ciências Sociais CPLP) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Para ter acesso à transcrição e ao vídeo da entrevista clique aqui.
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.
Entrevista em vídeo disponível na Sala de Consulta do CPDOC e trechos no portal.

Tipo de entrevista: História de vida
Entrevistador(es):
Helena Maria Bousquet Bomeny
Karina Kuschnir
Data: 24/8/2012 a 6/9/2012
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 4h11min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Mariza Gomes e Souza Peirano
Nascimento: 30/1/1942; Muriaé; MG; Brasil;

Formação: Graduação em Ciências Sociais pela UFRJ, mestrado em Antropologia pela UNB, doutorado em Antropologia pela Universidade de Harvard, pós-doutorado pelo Massachusetts Institute of Technology.
Atividade: Professora Titular da Universidade de Brasília.

Equipe


Transcrição: Maria Izabel Cruz Bitar;

Conferência da transcrição: Gabriela Mayall;

Técnico Gravação: Ítalo Rocha Viana;

Sumário: Sérgio Pereira de Faria Junior;

Temas

Anos 1950;
Antropologia;
Arquitetura;
Atividade acadêmica;
Brasil;
Brasília;
Carreira acadêmica;
Ciências Sociais;
Comunidade dos Países de Língua Portuguesa;
Correio da Manhã;
Estados Unidos da América;
Faculdade Nacional de Filosofia;
Intelectuais;
Intercâmbio cultural;
Minas Gerais;
Obras de referência;
Pós - graduação;
Professores estrangeiros;
Rio de Janeiro (cidade);
Universidade de Brasília;
Universidade de Harvard;

Sumário

1ª Entrevista: 24.08.2012

Origens Familiares; o nascimento em Muriaé, Minas Gerais; as mudanças de residências em diferentes cidades devido ao emprego de seu pai como engenheiro; a construção de Brasília; a residência em Copacabana, Rio de Janeiro, nos anos de 1950; a formação dos membros da família; a Engenharia na parte paterna da família; a orientação para a carreira universitária durante a juventude; a decisão por fazer Arquitetura; o vestibular para a primeira turma de Arquitetura da Universidade de Brasília (UNB); as leituras na juventude; os estímulos para cursar a UNB em sua criação; a mudança de Arquitetura para Ciências Sociais na UNB; a ida para o Rio de Janeiro; a entrada na Faculdade Nacional de Filosofia (FNFi); colegas na FNFi; a experiência de ser mãe em paralelo a sua formação na FNFi; professores marcantes na FNFi; o trabalho como diagramadora do Anexo do Jornal Correio da manhã; as leituras importantes no campo das Ciências Sociais; do fascínio à escolha pelo campo da Antropologia; o contato com o Roberto Cardoso de Oliveira; o mestrado em Antropologia Social na UNB; a mudança para Brasília; leituras durante o mestrado; professores importantes no mestrado; as boas condições do mestrado na UNB da época; a decisão de ir para os Estados Unidos para fazer o doutorado; a escolha pela Harvard University, em Massachusetts, Estados Unidos; o doutoramento em Antropologia; o retorno do doutoramento em Harvard; a volta para atuar como professora na UNB; a recepção de sua chegada; a recepção de seu projeto para a tese de doutorado; o exame de qualificação durante o doutorado; a banca de avaliação do projeto da tese de doutorado; a volta para a UNB; a avaliação da banca para a sua tese de doutoramento; as expectativas de um cientista social na atualidade e em sua época de formação; as dificuldades de dedicação exclusiva à faculdade na atualidade; orientações de alunos durante a carreira; a expansão das universidades no Brasil da atualidade; obras marcantes durante a carreira; os diálogos intelectuais com Bruno Latour; a orientação de alunos; a relação entre os países de língua portuguesa e a Antropologia; a UNB e a pesquisa em países de língua portuguesa; os intercâmbios sul-sul e as consequências teóricas para a Antropologia.

2º entrevista: 06/09/2012

A viagem à Índia em 1987; Legados da experiência na Índia; A crise da Antropologia nos Estados Unidos da América e a importância e o prestígio da Antropologia no Brasil; As orientações de teses em diversas áreas de pesquisa; A formação em Antropologia na atualidade; As monografias e as formas de conhecimento no campo da Antropologia; A atitude de humildade no exercício da etnografia na Antropologia; A interdisciplinaridade no campo da Antropologia: pontos de contato com outras áreas das Ciências Sociais; A experiência como docente na Universidade de Brasília (UnB) nos cursos de graduação e pós-graduação; A quantificação das pesquisas: limites e possibilidades; Produções marcantes na carreira; Projetos atuais.

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados