Paulo Pinheiro Chagas

Entrevista

Paulo Pinheiro Chagas

Entrevista realizada no contexto da pesquisa "Trajetória e Desempenho das Elites Políticas Brasileiras", parte integrante do projeto institucional do Programa de História Oral do CPDOC, em vigência desde sua criação, em 1975. Faz parte de uma série de entrevistas com os signatários do Manifesto dos Mineiros, realizada em 1977 sob coordenação da pesquisadora Lucia Hippolito.
Forma de Consulta:
Entrevista datilografada disponível na Sala de Consulta do CPDOC.

Tipo de entrevista: História de vida
Entrevistador(es):
Helena Maria Bousquet Bomeny
Maria Luísa D`Amorim Heilborn
Data: 29/3/1977 a 30/3/1977
Local(ais):
Belo Horizonte ; MG ; Brasil

Duração: 6h30min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Paulo Pinheiro Chagas
Nascimento: 1/9/1906; Oliveira; MG; Brasil;

Falecimento: 12/4/1983; Belo Horizonte; MG; Brasil;

Formação: Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro; Faculdade de Direito de Minas Gerais.
Atividade: Revolução de 1930; deputado estadual MG (1935-37); deputado federal MG (1951-56 e 1958-63); ministro da Saúde (1963); deputado federal MG (1963-71).

Equipe

Levantamento de dados: Helena Maria Bousquet Bomeny;Maria Luísa D'Amorim Heilborn;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Helena Maria Bousquet Bomeny;Maria Luísa D'Amorim Heilborn;

Conferência da transcrição: Nara Azevedo de Brito;

Copidesque: Carlos Alberto Lopes;

Técnico Gravação: Clodomir Oliveira Gomes;

Sumário: Nara Azevedo de Brito;

Temas

Aliança Liberal (1929);
Antônio Carlos Ribeiro de Andrada;
Benedito Valadares;
Eduardo Gomes;
Estado Novo (1937-1945);
Francisco Campos;
Getúlio Vargas;
Golpe de 1964;
Governo João Goulart (1961-1964);
Juscelino Kubitschek;
Leonel Brizola;
Manifesto dos Mineiros (1943);
Minas Gerais;
Olegário Maciel;
Oswaldo Aranha;
Partido Republicano Mineiro - PRM;
Paulo Pinheiro Chagas;
Política estadual;
Revolução Constitucionalista (1932);
Revolução de 1930;
Tenentismo;
Virgílio de Melo Franco;

Sumário

1a Entrevista: origem familiar; influência da família na vida política; a Aliança Liberal e a Concentração Conservadora; o governo Antônio Carlos; sucessão de Washington Luís; Djalma Pinheiro Chagas na Revolução de 1930; participação na luta em Minas Gerais; Getúlio Vargas após a derrota eleitoral; a Revolução de 1930; a penetração do tenentismo em Minas Gerais; a criação da Legião de Outubro e o rompimento do PRM com Getúlio Vargas; a convenção do PRM (1931); a sucessão de Antônio Carlos; o PRM e a tentativa de deposição de Olegário Maciel; a Revolução Constitucionalista de 1932; os efeitos da Revolução de 1932 em Minas Gerais; deputado estadual pelo PRM (1934); a criação do PP (1933); programas partidários no Brasil; situação econômico-financeira de Minas Gerais; sucessão ao governo Olegário Maciel; perfil de Benedito Valadares; a escolha de Benedito Valadares para o governo mineiro; Osvaldo Aranha; repercussão, em Minas, da nomeação de Benedito Valadares; Benedito Valadares; o Estado Novo e a reconstitucionalização; cisão do PRM e acordo com Benedito Valadares; a representação classista na Constituinte Federal de 1934; decadência do PRM e criação do PR; o movimento comunista de 1935 em Minas; a penetração do integralismo em Minas Gerais..................................................1 a 63

2a Entrevista: antecedentes do golpe de 1937; o afastamento de Antônio Carlos da presidência da Assembléia Nacional Constituinte; perfil de Francisco Campos; perfil de Virgílio de Melo Franco; a oposição durante o Estado Novo; o Manifesto dos Mineiros; fundação da UDN; perfil do Brigadeiro Eduardo Gomes e sua candidatura à presidência da República (1945); a queda de Getúlio Vargas (1945); Benjamim Vargas; o Estado Novo; articulações para a formação da UDN; a fidelidade partidária; ressurgimento do PRM; a candidatura a deputado federal pela UDN (1946); o desligamento da UDN e o ingresso no PSD; deputado federal pelo PSD (1951); encontro com Getúlio Vargas; o governo Dutra e a sucessão presidencial; surgimento de Juscelino Kubitschek na política; candidatura ao governo de Minas Gerais; a posse de Juscelino; deputado federal no governo Juscelino; secretário de Segurança Pública no governo Bias Fortes; a administração na Secretaria de Segurança Pública; o governo Juscelino Kubitschek; líder da oposição no governo Jânio Quadros; relações com João Goulart; o governo João Goulart; ministro da Saúde no governo Goulart; instabilidade ministerial no governo Goulart; dificuldades do governo Goulart, e modificações no seu ministério; campanha da legalidade e ascendência de Leonel Brizola sobre João Goulart; perfil de Leonel Brizola; os comunistas no Governo de Jango; a queda de João Goulart; o período parlamentarista; questão da inelegibilidade de Sebastião Pais de Almeida; o Bloco Parlamentar Revolucionário; filiação à Arena; relações entre o governo Israel Pinheiro e o governo revolucionário; os benefícios do Golpe de 1964 em Minas Gerais; o "ser político"; regras da política; os políticos do passado e os políticos atuais; definição dos tipos sociais mineiros................................................................63 a 139

3ª entrevista: Articulações para o lançamento do manifesto; a redação do documento; as principais lideranças do movimento; a distribuição do manifesto; as razões do lançamento de um manifesto mineiro; análise do texto; a reação do governo federal; as demissões; as assinaturas mais relevantes; a articulação entre o núcleo do manifesto e a UDN; a candidatura de Eduardo Gomes; a queda do Estado Novo; raízes históricas do Manifesto dos Mineiros; PSD e UDN em Minas; o liberalismo em Minas Gerais; o papel da consciência mineira.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados