Cândido Grzybowski

Entrevista

Cândido Grzybowski

Entrevista realizada no contexto do projeto “Memória de um Office na periferia: o Escritório da Fundação Ford no Brasil”, desenvolvido em convênio com a Fundação Ford, entre janeiro de 2011 e julho de 2012, com o objetivo de constituir um acervo de depoimentos histórico-documental sobre os 50 anos da atuação da Fundação Ford no Brasil e a posterior disponibilização dos depoimentos gravados na internet.
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Lúcia Lippi Oliveira
Dulce Chaves Pandolfi
Data: 9/2/2012
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 2h0min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Cândido Grzybowski
Formação: Se formou em filosofia e sociologia. Tem doutorado pela University of Paris e pós-doutorado pela University College London.
Atividade: Diretor do Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase) desde 1990; membro do comitê organizador do Fórum Social Mundial(FSM) e membro do Secretariado Internacional(FSM); ex-professor de Sociologia do Desenvolvimento na Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro (1989-1991).

Equipe

Levantamento de dados: Helena de Moura Aragão;Lúcia Lippi Oliveira;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Helena de Moura Aragão;Lúcia Lippi Oliveira;

Transcrição: Maria Izabel Cruz Bitar;

Conferência da transcrição: Verônica R. Bevilacqua Otero Spicer;

Técnico Gravação: Marco Dreer Buarque; Bernardo de Paola Bortolotti Faria;

Sumário: Laura Mie de Azevedo Nicida;

Temas

Acesso à informação;
AIDS(doença);
Anos 1990;
Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS;
Brasil;
Capital estrangeiro;
Censos;
Chico Mendes;
Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento;
Crises econômicas;
Disseminação da informação;
Europa;
Fórum econômico mundial;
Fórum Social Mundial ;
França;
Fundação Ford;
George W. Bush;
Globalização;
Governo federal;
Governo Fernando Collor (1990-1992);
Governo Luiz Inácio Lula da Silva (2003 - 2010);
Herbert de Souza;
Igreja Católica;
Inflação;
Inglaterra;
Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas;
Internet;
Movimentos sociais;
Newton Sucupira;
Organizações não governamentais;
Pesquisa científica e tecnológica;
Plano Real;
Política científica e tecnológica;
Pontifícia Universidade Católica;
Pós - graduação;
Preso político;
Rio de Janeiro (cidade);
Rio Grande do Sul;

Sumário

Entrevista 09 de fevereiro de 2012: a relação entre Igreja Católica, International Development Research Centre (IDRC) e o Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase); a criação da Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS (ABIA) por Herbert José de Souza (Betinho); o início da relação com a Fundação Ford durante o mestrado na Pontifícia Universidade Católica (PUC) e a ida para o Rio Grande do Sul; a volta para o Rio de Janeiro e a prisão no Destacamento de Operações de Informação - Centro de Operações de Defesa Interna (DOI-CODI); o contato da Fundação Ford e de Henryane de Chaponay; o processo de ida para França; a volta para o Brasil e a pesquisa na área dos movimentos sociais no campo; a reaproximação da Fundação Ford e de David Goodman; o pós doutorado na Inglaterra; o envolvimento internacional com os movimentos sociais no campo; o processo de ida para o IBASE e a conversa com Betinho sobre sucessão; as comissões avaliadoras do IBASE, a inflação durante o governo Collor e a conversa com Newton Sucupira: a crise no Ibase, a ida para a Europa e o financiamento da Fundação Ford; a campanha com o IBGE sobre questões raciais durante o censo e o apoio de Vânia Santana; o debate na base em torno financiamento da Fundação Ford; a criação do Alternex em 1989 e os debates sobre democratização da informação; os impactos da crise do Plano Real, da Eco-92 e da internet; a criação da Associação Brasileira Organizações Não Governamentais (ABONG) em 1991; a Plataforma Ibase; o apoio institucional na Oxfam Novib e da Evangelischer Entwicklungsdienst (EED); a questão do balanço social das empresas; a relação entre Fundação Ford e inovação; o apoio de Nilcéa Freire durante a crise do Ibase e a relação com Ana Toni; o projeto “Mapas”; a criação do Fórum Social Mundial após o Fórum Econômico Mundial de 2000 e os financiamentos; o início do governo Bush, os impactos e a criação do Comitê de Organização do Fórum; o programa de Democratização da Globalização e a criação do Observatório da Cidadania; as redes internacionais do Ibase; o crescimento no número de ONGs nos anos 1990; o diálogo do Ibase com a Oxfam International e com a Novib; a conversa com Lula antes do Fórum Social Mundial em 2009 durante a crise das ONGs sobre financiamentos pelo governo brasileiro; a ideia de criação de um fundo autônomo.

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados