Diogo Lordello de Mello III

Entrevista

Diogo Lordello de Mello III

Entrevista realizada no contexto do projeto "EBAPE: 50 anos de história" desenvolvido pelo CPDOC em convênio com a Escola Brasileira de Administração Pública, entre junho de 2001 e março de 2002. O projeto resultou na publicação do livro "A ESCOLA que faz Escola: EBAPE 50 anos, depoimentos ao CPDOC" / Organizadoras: Helena Bomeny e Marly Motta. Rio de Janeiro: Ed. Fundação Getulio Vargas, 2002. A escolha do entrevistado se justificou por ter sido um dos primeiros professores brasileiros da EBAP. O objetivo da entrevista, portanto, foi de obter informações sobre as origens e os primeiros tempos da EBAP.
Forma de Consulta:
Entrevista publicada em livro.
Referência completa: BOMENY, Helena; MOTTA Marly (Orgs.). A ESCOLA que faz Escola: EBAPE 50 anos, depoimentos ao CPDOC. Rio de Janeiro: Ed. Fundação Getulio Vargas, 2002. 492p. il.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Carlos Eduardo Barbosa Sarmento
Marly Silva da Motta
Data: 21/6/2001
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 1h45min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Diogo Lordello de Mello
Nascimento: 9/4/1924; Ruy Barbosa; BA; Brasil;

Falecimento: 6/6/2004; Rio de Janeiro; RJ; Brasil;

Formação: Direito.
Atividade: Foi um dos fundadores do curso de Administração Municipal da Fundação Getulio Vargas (FGV), sendo um dos mais antigos professores da Ebap. Esteve diretamente envolvido na criação do Ibam e dirigiu este instituto por muitos anos.

Equipe

Levantamento de dados: Marly Silva da Motta;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Marly Silva da Motta;

Transcrição: Claudia Peçanha da Trindade;

Conferência da transcrição: André Vianna Dantas;

Técnico Gravação: Clodomir Oliveira Gomes;

Temas

Administração municipal;
Administração pública;
Benedito Silva;
Bibliografias;
Brasília;
Câmara dos Deputados;
Carreira militar;
Estados Unidos da América;
Fundação Getulio Vargas;
Iniciativa privada;
Paraná;
Partido Libertador (1945-1965);
Professores estrangeiros;

Sumário

FITA 1-A: considerações iniciais sobre a carreira militar e a opção pelo estudo da Administração; a entrada na política pelo Partido Libertador (PL) do Paraná; os estudos sobre Administração Pública nos Estados Unidos: a ajuda financeira do governo do Paraná, o afastamento da carreira militar, a disputa pela bolsa de estudos e os primeiros contatos com a EBAP (1952), a experiência nos Estados Unidos; comentários sobre o modelos de administração municipal americano; sobre o retorno dos Estados Unidos (1954) e a atuação no governo do Paraná; a entrada para na EBAP: os primeiros contatos com Benedicto Silva e a preparação do curso de "Governo Municipal" para a instituição, o convite formal; considerações sobre a sua atuação junto ao IBAM; breves comentários sobre possíveis rivalidades entre EBAP e IBAM; sobre o bacharelado em Administração Pública da EBAP e o afluxo dos alunos para a iniciativa privada; novos comentários sobre a sua atuação junto ao IBAM; comentários a respeito dos cursos oferecidos pela EBAP e pelo IBAM: sobre os conteúdos dos cursos; novos comentários sobre algumas experiências administrativas municipais pelo mundo.

FITA 1-B: novos comentários sobre algumas experiências administrativas municipais pelo mundo (cont.); considerações sobre o funcionamento dos cursos da EBAP (década de 1950): o perfil dos alunos; considerações sobre os princípios fundadores da EBAP; novas considerações sobre a significativa convergência dos alunos oriundos da EBAP para as fileiras da administração privada; sobre o processo de seleção para a graduação em Administração Pública na EBAP; sobre a vinda de quadros docentes estrangeiros para a EBAP (1952-4); considerações a respeito da importância da EBAP como centro irradiador de um modelo de Administração Pública para a América-latina; comentários sobre possíveis rivalidades entre a EBAP e a EIAP; sobre as funções exercidas na EBAP: a coordenação do mestrado e o gerenciamento das publicações de alunos; comentários sobre a bibliografia utilizada pelos alunos; considerações sobre a sua atuação como Secretário de Administração e Finanças de Brasília em seus momentos iniciais (1961).

FITA 2-A: considerações sobre a sua atuação como Secretário de Administração e Finanças de Brasília em seus momentos iniciais (1961) (cont.): sobre a visibilidade política da EBAP a partir da ocupação de um importante cargo por um de seus membros, sobre os desafios experimentados no cargo; o retorno ao IBAM e à EBAP (1962); novos comentários sobre a sua atuação na coordenação do curso de Mestrado da EBAP: sobre as disciplinas e o processo de seleção; considerações a respeito da relação da EBAP com outros órgãos da Fundação Getúlio Vargas (EPGE e IBRE): a disputa por espaços dentro da Fundação no contexto político da desvalorização da Administração Pública; comentários a respeito de três missões de consultoria: a elaboração de 17 programas de treinamento para a Escola Superior de Administração Pública, na Colômbia (1973-74), elaboração do programa do curso de Pós-graduação sobre Governo Municipal para a Universidade [Externado???] de Colômbia (1987), modernização da administração da Câmara dos Deputados, em Brasília; novas considerações sobre a criação do curso de Mestrado da EBAP; considerações a respeito da extinção do curso de bacharelado (1983); sobre o iminente retorno do curso de graduação da EBAP: sobre a necessidade de não restringir-se somente à Administração Pública.

FITA 2-B: sobre o iminente retorno do curso de graduação da EBAP (cont.): sobre a possível recuperação do prestígio da EBAP na formação de quadros técnicos para a Administração Pública e Privada; breves comentários sobre a recente criação do curso de Doutorado na EBAP.



Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados